logo

Conselho de Governança Fiscal discute sobre redução de gastos públicos

Por Redação
Conselho de Governança Fiscal discute sobre redução de gastos públicos
A meta traçada pelo governador é reduzir as despesas de todos os órgãos públicos do estado e garantir os serviços essenciais. (Foto: Divulgação)

O governador Camilo Santana reuniu-se, nesta terça-feira (7), por meio de uma videoconferência, com o Conselho de Governança Fiscal do Estado do Ceará para discutir formas de redução gastos públicos durante a crise econômica ocasionada pelo novo coronavírus.

De acordo com o governador, o objetivo do é de que haja economia, mas que os serviços essenciais à população não sejam comprometidos. Outras metas traçadas são de que o estado continue cumprindo todas as obrigações, pagando os salários em dia, mesmo diante da grande queda de arrecadação durante a pandemia.

LEIA MAIS >> Governo do Estado distribuirá 200 mil botijões de gás para famílias em situação de vulnerabilidade

ZPE utiliza tecnologia para evitar proliferação do novo coronavírus

Eficiência fiscal

“Nosso conselho é fundamental para a área econômica do Ceará. Tenho convicção de que, com muito diálogo e a integração de todas as instituições, conseguiremos reduzir as despesas de todos os órgãos públicos do nosso estado e garantir os serviços essenciais”, citou o governador.

Criado em 2019, o Conselho de Governança Fiscal tem como objetivo estabelecer diretrizes de esforços e eficiência fiscal; monitorar os resultados, propor alterações e disseminar boas práticas de gestão fiscal no Ceará, incluindo ações em parceria com os municípios. O grupo se reúne a cada quatro meses para avaliar o cenário econômico.

Integram o Conselho de Governança Fiscal a Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública, Tribunal de Contas e as secretarias da Fazenda, Planejamento, Casa Civil, Controladoria e Procuradoria Geral.

Veja também