O Plenário do Senado aprovou a indicação da diplomata cearense Maria Edileuza Fontenele Reis para o cargo de embaixadora do Brasil na Bulgária e na Macedônia do Norte. A votação aconteceu nesta quarta-feira (21) e foram 56 votos favoráveis e apenas 3 contra.

Maria Edileuza Fontenele Reis é diplomata e já foi cônsul-geral adjunta em Tóquio (de 1996 até 2001) e em Roma (de 2001 até 2004). Recentemente, foi cônsul-geral em Paris (de 2014 até 2017) e também faz parte da delegação permanente da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco)

Atualmente a embaixada da Bulgária também representa o Brasil na Macedônia do Norte, país da Europa oriental que surgiu após a fragmentação da antiga Iugoslávia.

Durante sabatina na Comissão de Relações Exteriores (CRE), realizada na semana passada, Maria Edileuza afirmou que a sua prioridade como embaixadora será atrair novos investimentos brasileiros para a Bulgária.

>> VEJA TAMBÉM: Governo do Estado apresenta nova plataforma do Sistema de Saúde

Foto: Pedro França/Agência Senado