logo

Filme do diretor cearense Karim Aïnouz é escolhido para representar o Brasil no Oscar 2020

Por Lucas Magno
Filme do diretor cearense Karim Aïnouz é escolhido para representar o Brasil no Oscar 2020

O filme “A Vida Invisível”, do diretor cearense Karim Aïnouz representará o Brasil no Oscar de 2020. A anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (27) pela Academia Brasileira de Cinema. O longa concorre a uma vaga na categoria de melhor filme internacional.

Segundo Anna Muylaert, diretora de “Que Horas Ela Volta?” e presidente da comissão que escolheu o representante nacional, a votação foi acirrada. “Bacurau”, de de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, recebeu quatro votos, enquanto o filme de Karim recebeu cinco.

O longa-metragem conta a história de duas irmãs inseparáveis – Eurídice e Guida. Após Guida ser expulsa de casa por fugir com o namorado e retornar grávida, as irmãs são separadas e passam a vida tentando se reencontrar. “A Vida Invisível” é baseado no livro homônimo de Martha Batalha.

Em maio deste ano, “A Vida Invisível” foi o grande vencedor da mostra Um Certo Olhar, do Festival de Cannes, sendo o primeiro filme brasileiro a ganhar essa premiação.

O filme tem estreia nacional marcada para o dia 31 de outubro. Mas o público cearense terá a oportunidade de assistir o longa nesta sexta-feira (30), na abertura do Cine Ceará, com a presença de Karim e parte do elenco, incluindo Fernanda Montenegro.

A Academia irá anunciar os filmes indicados a premiação no dia 13 de janeiro de 2020. A cerimônia do Oscar acontecerá no dia 19 de fevereiro.

>> VEJA TAMBÉM: Divulgada programação do 29° Cine Ceará; Confira

Foto: Matt Winkelmeyer / Getty Images

Veja também