Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Influenciadora Marina Rolim dá dicas para fazer o Reels perfeito

2 out 2021 | Notícias

Por Redação

Influenciadora digital Marina Rolim fala sobre criação de vídeos para as redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram)

As redes sociais sofreram algumas mudanças ao longo do tempo, de acordo com o que os  usuários buscavam e consumiam. Agora, a tendência é que os vídeos, que já são bastante populares, tomem conta dos conteúdos postados. Quem é ativo no TikTok e no Reels do Instagram, já conhece essa realidade. Mas, se você só é espectador e tem vontade de criar, leia essa matéria até o fim para conferir as dicas da influenciadora digital Marina Rolim, que tirou todas as nossas dúvidas sobre a produção de um vídeo perfeito.

LEIA MAIS>> Conheça 10 influenciadoras que produzem conteúdo contra a gordofobia

Cinco dicas de como produzir o shooting perfeito

Para começar, é importante conhecer o seu público e entender o que eles querem ver no seu perfil, independentemente do que é tendência. Dessa forma, é mais fácil definir o formato a ser trabalho, se é foto, vídeo, texto ou outros. Se você quer ter o Reels ao seu favor por ser um plataforma de alta entrega, o ideal é alinhá-lo ao conteúdo que você já produz. 

“Ele gera um alcance para ‘não seguidores’ de uma maneira que nenhum outro formato oferece. A minha sugestão é: busque formas de encaixar os Reels na sua estratégia de conteúdo digital, mas não transforme o formato no foco principal da sua estratégia. Todo vídeo precisa de um porquê, se você não tem esse motivo bem claro, o conteúdo fica vazio e perde o sentido”, indica Marina Rolim.

Como gravar

No início, duas coisas serão fundamentais para quem não tem muitos apetrechos de gravação: iluminação natural e celular. Não está tão difícil, vai? Dá para posicionar o celular em uma janela enquanto a luz fica na sua direção, ou você pode investir em uma ring light. Quanto ao celular, são várias as opções no mercado que possuem uma câmera de ótima qualidade, mas lembre-se: “Qualidade de imagem é uma coisa, qualidade de conteúdo é outra. O ‘reels bom’ não é feito pela qualidade do celular, a ideia é sempre mais importante”, adverte Marina. 

O processo de criação da influenciadora inicia depois de entender o objetivo do vídeo e se ele vai agregar ao conteúdo que ela já produz. Depois, as ideias vão para o papel e Marina começa a buscar referências para inspirar o roteiro. Finalizada a gravação, é hora de editar.  

Edição 

Depois de feito, o Reels precisa ser editado, e alguns aplicativos são os preferidos da influenciadora, como o Inshot, o Capcut, o Videoleap, o Kinemaster e o VSCO. Nesta etapa, o criador precisa ser original para deixar a sua marca. “É quase impossível duas pessoas editarem o mesmo vídeo exatamente da mesma maneira. Por isso, muitas vezes vemos cópias de vídeos que fizeram um super sucesso, mas a cópia não teve uma boa repercussão”.

Uma boa edição não é importante apenas para criadores de conteúdo, mas também para marcas que usam as redes sociais para promover seus produtos e se posicionar junto aos seguidores. “O conteúdo digital hoje constrói o discurso da empresa, o valor da sua marca, os vídeos constroem a sensação visual do que a sua marca quer passar”, informa. O ideal é que as empresas possam se planejar para investir em profissionais especializados dessa área. 

Reels ou TikTok?

Essa é uma dúvida frequente, já que os vídeos rápidos de até 1 minuto começaram a ser postados no TikTok e logo foram incorporados ao Instagram por meio do Reels. No entanto, a resposta é simples: depende de onde o seu público está

Para Marina, o TikTok é responsável por lançar trends que bombam no aplicativo e migram para o Instagram, sendo assim uma boa plataforma para criadores de conteúdos. No Instagram, as marcas já sabem como trabalhar e como fazer o conteúdo ganhar alcance com os influenciadores digitais, então já é uma rede consolidada. “Na minha visão, o Tiktok é uma plataforma que prioriza criadores de conteúdo e as empresas ainda estão entendendo como podem entrar de forma ‘institucional’ na rede”, acredita.

Independente da plataforma em que o conteúdo será veiculado, o importante mesmo é produzir algo autêntico, que mostre a identidade de quem criou. “Entrar numa trend e adaptar o seu conteúdo é outra coisa, se faz sentido para a marca e você identificou uma oportunidade de impulsionar a sua mensagem, se joga!”.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE