Juntos contra a pandemia: cestas básicas, profissionais da música, máscaras de tecido e mais

Por Redação
Juntos contra a pandemia: cestas básicas, profissionais da música, máscaras de tecido e mais
O movimento "Sons do Bem" iniciou a entrega de cestas básicas para profissionais autônomos da música (Foto: Divulgação)

Dentre todas as transformações que a pandemia do novo coronavírus trouxe para o mundo, as iniciativas de solidariedade são, certamente, um movimento bastante positivo que resulta disso tudo. Para estimular cada mais campanhas com essa e promover a união, o Site MT divulga semanalmente projetos de enfrentamento à pandemia e ajuda aos mais vulneráveis.

As matérias com destaque Juntos contra a pandemiaapresentam um olhar sobre as boas ações neste período, além de orientações sobre como ajudá-las. Mais que isso: é também um convite a nos abrirmos para a empatia e exercitar o apoio ao próximo em qualquer época, independente de pandemia. Veja como você pode ajudar.

LEIA MAIS >> ‘Você precisa fazer sua parte como cidadão’, afirma médica Niedja Bezerra sobre isolamento social

Pandemia traz exercício de altruísmo tal como a vida de uma mãe, diz secretária de Saúde de Fortaleza

Pescando solidariedade

Sustento necessário para garantia alimentar em meio a pandemia do novo coronavírus, 860 cestas básicas foram entregues para comunidades tradicionais de oito municípios da zona costeira do Ceará. O material foi arrecadado pelo Instituto Terramar, por meio da Campanha “Pescando Solidariedade“, e contemplou nove comunidades pesqueiras, uma aldeia indígena e três comunidades quilombolas.

Ação “Pescando solidariedade” (Foto: Divulgação)

Os municípios contemplados foram Itapipoca, Acaraú, Aracati, Camocim, Amontada, Aquiraz, Beberibe e Fortim. O projeto que arrecadou, inicialmente, fundos para uma ação de emergência alimentar e sanitária às comunidades, já está em fase de planejamento da segunda etapa. Para doar e conferir mais informações acesse o Instagram do Instituto Terramar.

Sons do Bem

Ajudando quem faz da música sua vida, o movimento “Sons do Bem” iniciou a entrega das cestas básicas para profissionais autônomos da música que sofrem impacto econômico. Até o momento foram doadas mais de mil cestas. Para acompanhar a iniciativa acesse o Instagram oficial da campanha.

Projeto “Sons do Bem” (Foto: Divulgação)

Para contribuir é simples. Acesse o site EFolia ou endereço eletrônico do projeto e clique no link de doação. Até o momento, o Sons do Bem já recebeu doações dos artistas Wesley Safadão, Jonas Esticado, Zé Cantor, Taty Girl, Xandy, Simone e Simaria e Wallas Arrais. O jogador de futebol Raffael também entrou na corrente de solidariedade e doou três toneladas de alimentos.

Projeto liderado por jovens

A Associação dos Jovens Empresários de Fortaleza (AJE) realizou a doação de uma tonelada de alimentos, 320 litros de leite e 1000 máscaras para instituições carentes de Fortaleza, por meio da campanha “Juntos contra o Covid-19”. 

Voluntária do projeto “Juntos contra o Covid-19” (Foto: Divulgação)

Entre as beneficiadas com as doações foram Casa do Idoso Vovô, projeto Amor + Ação e Legião da Boa Vontade, que acolhe moradores de rua. As máscaras foram doadas para o Hospital Infantil Filantrópico-Sopai. A campanha de arrecadação continua durante todo este período de isolamento social. Para doar, basta acessar o Instagram da instituição.

Distribuição de máscaras

As máscaras caseiras de tecido se tornaram uma grande aliada da população, o que mobilizou os alunos do curso de Corte e Costura do Espaço do Trabalhador, equipamento social da Prefeitura de Horizonte, a dedicarem seu tempo e força de trabalho para produção voluntária de 1.900 máscaras para distribuição gratuita à comunidade na campanha batizada de “Espaço do Trabalhador Solidário”.

A distribuição das máscaras foi iniciada para pequenos comerciantes locais, trabalhadores do transporte local e profissionais da Assistência Social. Ao longo dos próximos dias, serão entregues máscaras para a população em vulnerabilidade social.

Empresa solidária

EDP Brasil, empresa que atua em segmentos do setor elétrico brasileiro, apoia projetos de enfrentamento da pandemia em comunidades vulneráveis por meio do edital EDP Solidária – Covid-19 que doará R$ 2,1 milhões. Em pouco mais de dez dias, o edital recebeu mais de 600 projetos de todos os estados brasileiros. 

No Ceará, o projeto “Mãos com Vidas”, da Associação Pecém Eu Te Amo (ASSPA), que beneficiará 300 famílias em condições de vulnerabilidade de São Gonçalo do Amarante, foi selecionado para receber R$ 99 mil. As famílias receberão um cartão alimentação, recarregável com R$ 100/mês, durante três meses, para compra de alimentos e itens de higiene.

Veja também