Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Pague Menos negocia compra da Extrafarma e ações na bolsa saltam

18 maio 2021 | Notícias

Por Redação

Caso a compra da Extrafarma seja confirmada, a rede cearense se tornará a segunda maior varejista de drogarias no Brasil, subindo uma posição no ranking atual. (Foto: Reprodução/ Shopping Aldeota)

Em comunicado divulgado na manhã desta terça-feira (18), a Pague Menos informou que está negociando a compra da Extrafarma, mas que ainda não existe nenhum contrato ou garantia de aquisição da rede de farmácias. Mais cedo, a agência de notícias Reuters havia noticiado que a companhia cearense fundada por Deusmar Queirós tinha fechado a compra da Extrafarma por R$ 600 milhões, informação que levou as ações da empresa na bolsa de valores subirem cerca de 14%.

LEIA MAIS >> Pague Menos cede estrutura para vacinação de Covid-19

Ceará receberá a maior feira de turismo da América Latina

“A Companhia está atualmente em negociação para uma potencial transação envolvendo a aquisição da
Imifarma Produtos Farmacêuticos e Cosméticos S.A. (“Extrafarma)”, diz o comunicado da Pague Menos, acrescentando em seguida que a rede “manterá seus acionistas e o mercado em geral informados sobre o assunto,
colocando-se à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários”.

Segundo informações da InfoMoney, às 10h38 de terça-feira, as ações da Pague Menos tinha registrado alta de 13,78%, chegando a R$ 12,47. Caso a compra da Extrafarma seja confirmada, a rede cearense se tornará a segunda maior varejista de drogarias no Brasil, subindo uma posição no ranking atual.

A previsão divulgada por uma fonte que falou com a Reuters é de que o negócio, caso confirmado, crie entre R$ 150 milhões e R$ 250 milhões nos próximos três anos para o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da Pague Menos, principalmente pelo potencial aumento de vendas da Extrafarma.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE