Titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará (Sedet), Maia Júnior destacou a importância do setor de logística para o crescimento econômico o Ceará durante a abertura da 14 ª Feira Internacional de Logística (Expolog), na última quarta (27), no Centro de Eventos do Ceará. A feira acontece até hoje e tem, na programação, o lançamento de um evento que deve tratar especialmente da área de logística da região do Pecém.

LEIA MAIS >> Expolog 2019 deve passar R$ 20 milhões em transações na área de logística

“O novo aeroporto, o novo porto, essa malha rodoviária que a gente vai montar com investimentos federais, tudo isso contribui para o melhor serviço da logística. A segunda etapa do Ceará Veloz tem pautas voltadas para logística. Vamos criar um ambiente de negócios favorável ao crescimento econômico”, detalhou o secretário, citando a plataforma Ceará Veloz. A iniciativa foi lançada segunda-feira (25), pelo Governo do Estado, e tem o objetivo de acelerar o desenvolvimento econômico e reduzir as desigualdades sociais.

Maia Júnior conversando com o público – (Crédito: Alex Campêlo)

Organizadora da 14ª Expolog, a empresária Enid Câmara reforçou que a posição geográfica do Ceará é decisiva para aumentar a competitividade do estado em logística. “Congregamos vários modais da logística, entre eles, porto, aeroporto, operador portuário. Dentro da programação existem três seminários que discutem temas como inovação, desenvolvimento econômico, sustentável, temos uma rodada de negócios, capacitação, oficina, tudo em um só lugar”, lista.

No evento, além de exposição de drones, o público teve acesso a palestras de nomes como Ana Karina Frota, gerente do Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec); Mônica Luz, diretora da Impex Import; Igor Pontes, diretor de pesquisa e desenvolvimento da Associação dos Gestores e Executivos de Logística; e Rachel Martins Maciel, coordenadora de RH da APM Terminal Pecém.

Priscila Cavalcante, Enid Câmara e Carol Arruda – (Crédito: Alex Campêlo)

Um dos espaços mais concorridos da Expolog é a rodada de negócios. “Ano passado, a rodada de negócios possibilitou mais de R$ 20 milhões em transações. É ali que as intenções de necessidades são colocadas, o contato direto entre o empresário e os profissionais da área”, diz Clivânia Teixeira, responsável por organizar a rodada.

Debora Memoria, Rener Vanderplas, Maia Júnior e Carlos Maia – (Crédito: Alex Campêlo)
Luiz Alexandre e Humberto Castelo Branco – (Crédito: Alex Campêlo)

Confira mais fotos por Alex Campêlo: