Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Automassagem facial: quais os benefícios e como fazer

2 jun 2021 | Beleza

Por Redação

A esteticista e professora Catarina Madeira explica que a automassagem é aliada no combate aos efeitos negativos das máscaras faciais de proteção usadas atualmente. (Foto: Alex Campêlo)

O uso de máscaras de proteção facial deve demorar um pouco até sair da nossa rotina. Por isso, é ainda mais importante intensificar os cuidados com a face, especialmente para amenizar marcas e acnes que surgem devido ao uso constante desse item. Uma dica é apostar em automassagens faciais, que promovem reações fisiológicas, psicológicas, químicas e mecânicas na área onde são aplicadas.

LEIA MAIS >> Como evitar e tratar a acne causada pelo uso de máscara de proteção

Descubra os benefícios do banho de mel, novo tratamento para pele

Segundo a esteticista e professora da área de Massoterapia, Catarina Madeira, o uso de máscara estimula a liberação de hormônios que favorecem a oxidação da pele, diminuem a oxigenação e aceleram o envelhecimento cutâneo. Elas podem ainda causar suor e oleosidade excessivas, e consequentemente, o surgimento de acne ou dermatites. Nesse sentido, reforça, a automassagem facial pode ser aliada, pois, promove a qualidade da pele e proporciona bem-estar através de movimentos leves e lentos.

Contudo, é importante lembrar: o uso da máscara segue como medida essencial de proteção ao novo coronavírus e as variantes decorrentes dele!

Veja no vídeo a seguir como fazer automassagem facial todas as noites, antes de dormir.

Cinco movimentos

As automassagens, explica Catarina Madeira, consistem na união de cinco movimentos principais: deslizamento, fricção, vibração, amassamento e percussão.

“O deslizamento pode ser feito de forma suave e profunda sobre a pele. Para executar o movimento é preciso estar com a mão aberta ou fechada. Já a fricção é o aquecimento provocado pela aceleração do atrito das mãos sobre o corpo. A vibração é movimento com a prática da mão espalmada, com o toque suave dos dedos afastados ou próximos, com pressão baixa e rapidez”, explica. 

Já as técnicas de amassamento e percussão, geralmente utilizadas para finalizar a massagem, mobilizam estruturas como a pele, músculos e tecido adiposo. Enquanto o amassamento consiste em pequenos e suaves movimentos de amassar a região, a percussão são pequenas palmadinhas na pele.

Catarina recomenda o uso de cosméticos que auxiliem os movimentos, fazendo com mãos e dedos deslizem com mais facilidade na pele, e ainda potencializando a absorção de substâncias nutritivas. A especialista enfatiza a importância de procurar o creme adequado para cada tipo de pele antes de iniciar o uso.

A automassagem consiste na união de cinco movimentos principais: deslizamento, fricção, vibração, amassamento e percussão. (Foto: Alex Campêlo)

Quem optar por fazer a aplicação e a massagem à noite, ela orienta limpar a pele com sabonete neutro, esfoliar a pele – pelo menos uma vez por semana -, aplicar movimentos de massagem e finalizar com fluido ou sérum nutritivo. “Sugiro o creme Hyalucream, da Adcos”, destaca.

LEIA TAMBÉM >> Dez marcas de cosméticos veganos ou cruelty free para você conhecer

Maquiadora de Thyane Dantas e Sol Almeida destaca as tendências em make

Efeito a longo prazo

Muito além de reduzir as marcas deixadas pela máscara, as automassagens faciais trazem benefícios a longo prazo.“Elas são indicadas em casos de envelhecimento, linhas e rugas profundas. Para fazer a massagem facial basta repetir as manobras para causar hiperemia [aumento do volume sanguíneo em uma região do corpo] e aumentar a microcirculação periférica e com isso nutrir as células que são responsáveis pelo preenchimento com novo colágeno”, explica. 

“A massagem é uma forma passiva de movimentar o corpo e descobrir a importância de estar vivo”, diz Catarina Madeira. (Foto: Alex Campêlo)

“A massagem é uma forma passiva de movimentar o corpo e descobrir a importância de estar vivo. É um recurso fundamental nas clínicas de estética para diminuição do cansaço e restabelecer a energia natural”, diz a esteticista.

Entre os benefícios, ressalta a especialista, tem-se a melhora do fluxo sanguíneo e pressão arterial, oxigenação e nutrição dos tecidos, ativação do metabolismo basal, melhora da qualidade da pele, redução da ansiedade e tensão nervosa. Além da redução do estresse emocional e físico. 

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE