‘As Travestidas’ promove festival online e lança canga exclusiva em parceria com a BABA

Por Redação
‘As Travestidas’ promove festival online e lança canga exclusiva em parceria com a BABA
Coletivo 'As Travestidas' promove festival que reúne bate-papos, shows e performances (Foto: Divulgação)

Em alusão ao mês do orgulho LGBTQIA+, celebrado ao longo de junho, o coletivo As Travestidas, que tem o ator Silvero Pereira como um dos fundadores, promove, de 22 a 28 de junho, a 5ª edição do Festival das Travestidas, dessa vez de forma virtual em virtude da pandemia. Além de bate-papos, shows e performances, o festival conta com o lançamento de uma canga, em parceria com a brand cearense BABA, cujo valor das vendas será totalmente revertido para a Outra Casa, centro de acolhimento e cultura a LGBTQIA+, na periferia de Fortaleza

A estampa da canga, inspirada nas integrantes do movimento e criada pelo artista Rodolfo Camelo Silva, surgiu de planos anteriores da BABA, que seriam concretizados no DFB Festival, adiado por conta da pandemia. “Tínhamos alguns produtos com a temática LGBTQIA+ que íamos lançar no DFB Festival desse ano, mas como o desfile não aconteceu, ficamos com a ideia na cabeça”, conta Gabriel Baquit, head da marca.

LEIA MAIS >> Gabriel Baquit se inspira no Ceará para criar moda

Cristina Quilombola fala sobre vivências de luta e preservação de tradições ancestrais

Após o contato com a produção do coletivo “As Travestidas”, Baquit viu como poderia usar o trabalho com moda para dar mais voz à temática LGBTQIA+. “Pensei em como a BABA poderia participar do evento e surgiu a canga com a estampa exclusiva. Vamos reverter 100% do lucro da canga das Travestidas e de uma reedição da canga Iracema, que lançamos ano passado e foi um sucesso, além de uma porcentagem das vendas dos demais produtos adquiridos pelo site durante a Semana do Orgulho LGBTQIA+”, explicou Gabriel. As vendas da canga iniciam nesta terça-feira (23), no site da marca.

Estampa desenvolvida pelo artista Rodolfo Camelo Silva para a BABA. (Foto: Reprodução/ Instagram)

Baquit ainda relembrou que conheceu o trabalho de Rodolfo por meio do Instagram. “Me chamou atenção porque ele traz assuntos políticos para a arte dele. Convidei o Rodolfo pra produzir uma estampa, que seria lançada no DFB, mas que devemos lançar em breve, e adorei o resultado”, detalha.

Programação

O Festival Travestidas discutirá pautas que vão desde política, passando por ativismo, arte, cultura, sexualidade, educação inclusiva e religiosidade. As artistas farão um chapéu virtual para arrecadar dinheiro para o movimento.

Entre os convidados, figuras como o jornalista e ator Ari Areia, a ativista Bruna Benevides, o Bispo Alan, da Igreja Filhos da Luz, as drag queens Karina Karão e Rayanna Rayovack.

A programação completa pode ser conferida no Instagram do coletivo e já inicia nesta segunda-feira, com Silvero Pereira e Ari Areia, às 20h.

As vendas das peças da BABA com renda destinada ao projeto Outra Casa iniciam na terça, e mais informações podem ser consultadas no site da marca.

LEIA TAMBÉM >> DFB Festival: Márcia Travessoni faz #tbt do evento e elege momentos marcantes

DFB Festival realiza edição online e distribuirá R$ 35 mil a talentos afetados com a pandemia

Veja também