O evento de lançamento da 12ª edição da CowParade aconteceu quinta-feira (8), no Estoril, e contou com a presença de personalidades importantes. O secretário do turismo de Fortaleza, Régis Medeiros, e a coordenadora especial de relações internacionais e federativas, Patrícia Macêdo, ressaltaram a importância da mostra internacional a céu aberto, considerada a maior do mundo, desembarcar na cidade, além de ser positivo para o turismo local.

“A expansão da cidade através da internacionalização de Fortaleza está sempre entre as preocupações do Prefeito Roberto Cláudio. Essas iniciativas tem se materializado desde ações que resultaram na instalação do hub aéreo, por exemplo, até projetos como o Juventude sem Fronteiras, que leva estudantes de escolas públicas, da Academia Enem, para intercâmbio em outros países. No momento em que foi proposto para a cidade a CowParade Fortaleza, o Prefeito abraçou a ideia e orientou a ação de várias secretarias, como Turismo, Governo, que trabalharam de forma integrada, junto à CERIF (Coordenadoria Especial de Relações Internacionais e Federativas) e ao Instituto Iracema, para que acontecesse”, ressaltou em entrevista ao Patrícia ao site.

“A CowParade Fortaleza é um evento que promove visibilidade e movimenta a cidade. Mas não só. As vaquinhas, tomadas por cores, fazem da exposição um evento lúdico, que valoriza a arte, a cultura, humanizando com alegria os lugares em que estão expostas. Faz as pessoas terem contato com realidades que elas não vivenciam com muita frequência. Ao poder proporcionar essa experiência para a cidade, a Prefeitura de Fortaleza abraçou o evento. Nossos agradecimentos aos realizadores e patrocinadores. A CowParade Fortaleza é mais uma forma de demonstrar que a cidade se insere no circuito de internacionalização, uma vez que esse evento já foi realizado em importantes lugares do mundo”, finalizou.

Antes de serem espalhadas em diferentes pontos da cidade como no Mercado dos Peixes, na Praça dos Mártires, Praça José de Alencar e na  Caixa Cultural, as 55 vacas da exposição foram expostas no local para os convidados. As vacas, em tamanho real e feitas em fibra de vidro, foram desenvolvidas por vários artistas cearenses, como Espedito Seleiro, Mano Alencar, entre outros.

Confira algumas fotos:

Fotos: Alana Medeiros/Divulgação