O jornalista cearense, romancista e ensaísta Hermenegildo de Sá Cavalcante se tornou uma figura emblemática para o Ceará e para a Organização Educacional Farias Brito, tanto que o diretor-superintendente da OEFB, Tales de Sá Cavalcante, resolveu homenageá-lo a cada três anos com uma medalha especial que leva seu nome. Em solenidade marcada pela nostalgia, pelo bom humor e pelo fomento a cultura, Tales entregou oficialmente a comenda a duas personalidades que se destacaram na divulgação das artes culturais no Estado. O jornalista Cid Carvalho e o bibliógrafo José Augusto Bezerra subiram ao palco do Teatro Nadir Saboya para agradecer a honra concedida. Detalhe que as medalhas foram obras da Wilplac, de Wilson Loureiro.

Tales em seu discurso de abertura!

Coordenando o evento, bastante prestigiado por nomes como o de Igor Queiroz Barroso, Pádua Lopes, Artur Bruno e parte da família Sá Cavalcante, que, inclusive, também foi homenageada, a supervisora pedagógica, Letícia Gontijo, e a gerente de comunicação Luciana Teixeira, se dedicaram a cada detalhe da noite. Vale destacar que, além da medalha, Hermenegildo ganhou um espaço na sede da Faculdade Farias Brito, que abriga sua coleção pessoal de livros. A Biblioteca Hermenegildo de Sá Cavalcante conta com cerca de 5 mil volumes dos quais 800 são dedicados à obra de Marcel Proust. Confira o registro da notória solenidade!

Artur Bruno e Igor Queiroz Barroso prestigiaram a noite

Tales e Hildete de Sá Cavalcante, Deise Machado, Jacqueline de Sá Cavalcante e Dito Machado