Dias: O poeta das formas geométricas

Por Lucas Magno
Dias: O poeta das formas geométricas

A Galeria Multiarte inaugurou na terça (13) a mostra ‘Antonio Dias’. E o papel é o grande protagonista. Atualmente, Dias é um dos principais nomes da história da arte brasileira e é considerado um poeta das formas geométricas. Nascido em Campina Grande na Paraíba, ele vive em Milão desde 1960, quando ganhou o prêmio da Bienal de Paris. Simpático, o artista explica que a exposição veio do “fundo de sua gaveta” e é resultado da sua inquietude como artista. As obras estão expostas de forma cronológica e os visitantes terão a oportunidade de entrar em contato com os seus traços mais sutis e formas experimentais do seu processo criativo.  “O desenho continua sendo o único modo de visualizar os meus pensamentos”.

O garoto prodígio, que ainda criança já desenhava suas tirinhas, hoje é considerado o criador de uma obra universal. Que ele insiste em explicar não se encaixar em um só estilo e não seguir apenas uma referência. “A minha história pode ser dividida em fases. E é quando não estou produzindo telas, que produzo o que está exposto. São esses intervalos que são as fases do meu trabalho. Vou ali, rabiscando, pintando e guardando. E é isso que essa exposição representa, é o meu momento”.

129A2906

O livro ‘Antonio Dias’, do crítico Sergio B. Martins, acompanha a exposição e faz uma análise profunda da mostra, além de apresentar uma série de registros fotográficos que ilustram a cronologia do artista, de autoria de Ileana Pradilla. Inédita, a exposição reúne 74 obras, entre pinturas, desenhos, gravuras e processos criativos de alguns trabalhos, somando 64 obras mais 10 pinturas finalizadas.

A mostra ‘Antonio Dias’ pode ser visitada até o dia 28 de novembro, de segunda a sexta, das 10h às 18h, na Galeria Multiarte – Rua Barbosa de Freitas, 1727 – Aldeota.  Aos cliques!

 

 

Veja também