A Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão (FETRANS) realizou, na última quinta-feira (13), a solenidade de entrega da 17ª edição do Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar, no auditório do SEST/SENAT Fortaleza. Dez empresas de transporte foram premiadas durante o evento, que neste ano também celebrou os 30 anos de fundação da Federação.

Presidente da FETRANS, Chiquinho Feitosa iniciou o encontro ressaltando a importância da sustentabilidade para a história da instituição. “O cuidado com o meio ambiente é algo que está na nossa filosofia de trabalho há muitos anos e o prêmio Melhoria da Qualidade do Ar é uma dessas iniciativas na área ambiental que mostra como o assunto faz parte da nossas empresas”, declarou.

Vimos por lá, o secretário estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno, e o diretor administrativo do Sistema FIEC, Ricardo Cavalcante

As empresas agraciadas com a premiação foram: Daniel Transportes Ltda; Viação Princesa dos Inhamuns Ltda; TLX Transportes e Logística Eireli; Viação Urbana Ltda; Fedex Brasil Logística e Transporte Ltda; Transportes Urbanos Aliança S/A; Vega S/A Transporte Urbano; Expresso Guanabara S/A; Organização Guimarães Ltda – Empresa Vitória; e Auto Viação Dragão do Mar Ltda.

Sérgio Saboia, Rafael Leal, Odilon Peixoto, Adelson Viana e Paulo Tinôco

A solenidade foi prestigiada por autoridades do setor, como o presidente da Confederação Nacional do Transporte, Vander Costa, e o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Beto Studart. Inclusive, o industrial cearense recebeu homenagem especial na ocasião, ao receber o Troféu Destaque Ambiental. A honraria é concedida pela FETRANS a personalidades e empresas que mantêm projetos e trabalhos que dialogam com o meio ambiente.

“Amigos, compreendo a sustentabilidade em um contexto que extrapola a questão ambiental. É impossível preservar sem que tenhamos visão alargada sobre gestão urbana, desenvolvimento, tecnologia, inovação, informação estratégica. Sinto alegria indisfarçável sobre o trabalho que o Observatório da Indústria da FIEC tem feito no âmbito da inteligência por meio das Rotas Estratégicas e das Bússolas da Inovação e da sustentabilidade. Desconheço ação mais fundamentada em termos de sustentabilidade do que gerar conhecimento, antever o futuro e prognosticar cenários a seu favor“, enfatizou Beto Studart em seu discurso de agradecimento.

Veja fotos do encontro, com cliques de Eri Nunes: