A deputada Tabata Amaral (PDT) esteve em Fortaleza na última quinta-feira (13) para um debate sobre educação. O evento ocorreu na sede da Companhia de Dança Edisca, no bairro Luciano Cavalcante.

Durante o debate, com a presença de de Italo Alves, líder do movimento Acredito no Ceará, Tabata destacou que a necessidade de mais pessoas se envolverem com causas sociais e se importarem umas com as outras. Ela citou o trabalho desenvolvido por Dora Andrade, idealizadora e diretora da Edisca.

Tabata Amaral e Ticiana Rolim Queiroz, mediadora do debate

“É gratificante sair de Brasília e conhecer esse trabalho lindo da Dora. Ver que alguém entendeu que só uma bolsa de estudo não resolve. Que essas crianças e jovens precisam ser acolhidos, de educação, de alimentação. Elas precisam que alguém se importe. E a Dora se importou”, destacou.

Para a deputada, as disparidades sociais no Brasil só podem ser superadas por meio da educação. Ela destacou, ainda, que pessoas como a idealizadora da Cia de Dança, que se importam e se incomodam com as faltas de oportunidades para os que vivem à margem, fazem a toda diferença no processo.

“Se a gente não se incomoda com as desigualdades do mundo, tem algo muito errado com a gente”, ressaltou a deputada. Ao se despedir, Tabata agradeceu o convite de Dora para conhecer a escola e também à Ticiana Rolim Queiroz, diretora do grupo C. Rolim Engenharia e apoiadora da Edisca.

Dora Andrade e Ethel Whitehurst

Em contraponto, a idealizadora da Cia de Dança também retribuiu o gesto de carinho da deputada. “Todos nós da Edisca estamos muito felizes por receber a Tabata aqui. Ela é imensamente inspirada para nossas crianças e adolescentes. Eles reconhecem a história deles na dela. Uma moça que veio da periferia, que passou dificuldades, mas não desistiu e hoje tem o seu lugar ao sol”, explica.

EDISCA

A Companhia de Dança Edisca é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que promove o desenvolvimento de crianças, adolescente e jovens por meio da arte.