A edição comemorativa do DFB Festival chegou ao fim, neste sábado (18), no Aterro da Praia de Iracema com vários momentos marcantes.

Destaque para a marca de beachwear infantil Swiims, que abriu o último dia do evento, em uma passarela de frente para a praia, das sócias Lia Feijó e Luciana Alencar. Um desfile com peças com características ecofriendly e que trouxe diversidade no casting.

Em seguida, foi a vez da segunda parte do Concurso dos Novos, que teve a Universidade de Fortaleza (Unifor) como uma das representantes cearenses na disputa. A Unifor, aliás, ficou em terceiro lugar na disputa e recebeu o troféu antes do desfile de Silvânia de Deus.

A BABA fez sua estreia na passarela do DFB e foi um dos desfiles mais prestigiados do sábado. Parceria entre Marina Bitu e Gabriel Baquit, a marca fez uma homenagem à memória afetiva de Fortaleza trazendo para a semana de moda estampas da Cajuína São Geraldo, pipoca Luiza e da famosa frase “São seis bolas de sorvete por apenas R$ 1“, além da arte do Sapateiro Alves.

Dentre os convidados pela BABA para desfilar, Cláudio Silveira, Preto Zezé, Charlote Killz e Luiza Nobel. Com o tema “No meu tempo“, o desfile deixou todo o público saudoso e arrepiado com a representatividade.

A marca de beachwear cearense Flee tem arrecadado cada vez mais fãs ao redor do Brasil. A coleção apresentada no DFB, “Memória“, reviveu quatro mulheres, mãe, madrinha, tia e avó, do estilista Breno Braga de Castro., que tem na independência, na luta e na garra características comuns.

Destaque para os looks brancos e fluídos e para os lenços, que parecem ser uma aposta da marca. A coleção ainda traz cores fortes, como azul, vermelho e verde.

Silvânia de Deus foi escolhida a dedo para encerrar o line-up do DFB Festival deste ano. Não à toa, seu ateliê também fica localizado na Praia de Iracema, por isso, nada mais justo que trazer a criativa cearense, que trabalha com roupas feitas a mão, para a passarela. Foi ela também que a abriu a primeira edição da semana de moda autoral, em novembro de 1999, no Dragão do Mar.

De volta para 2019, Silvânia trouxe para a passarela um show ao vivo de Lorena Nunes e Cláudio Mendes, mulheres de diversas idades e corpos e proporcionou um mergulho na realidade feminina.

Sobre as peças, as cores claras predominaram na coleção “Imersa“, que teve como proposta contar a história da criativa cearense.

Homenagem especial

Entre um desfile e outro, Cláudio Silveira aproveitou para agradecer a imprensa que prestigiou o evento, além de homenagear personalidades que tornaram possível que o DFB acontecesse durante 20 anos. Dentre os homenageados, Élcio Batista, Iorrana Aguiar, Verônica Perdigão e Lúcio Albuquerque.

Veja a cobertura:
Fotos: Géssika Ricarte