Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Carola é uma das marcas cearenses na plataforma Nordestesse; conheça o hub criativo

18 set 2021 | Lifestyle

Por Jacqueline Nóbrega

Carolina Figueirêdo, da Carola, marca que faz parte da plataforma Nordestesse (Foto: Reprodução)

Foi lançado este mês a plataforma Nordestesse, o novo projeto da jornalista Daniela Falcão, após a saída das Edições Globo Condé Nast, em 2020, e um período sabático, cuja proposta é ser um  hub criativo que registra, amplia e fomenta a produção, as discussões e o talento de marcas e serviços de empreendedores nordestinos.

LEIA MAIS >> Artista cearense Nyna Nóbrega fala sobre vivências como lésbica, aceitação e amor próprio

Natasha Ferreira aposta no diferencial da cultura russa em seus negócios no Ceará

O Ceará, claro, é muito bem representado na plataforma. Basta entrar no site para conhecer marcas como Carola, Catarina Mina, Gabriela Fiúza, Rebeca Sampaio, Sau, Marina Bitu, Casa Aika e Studio Orla. Você pode passear no site através dos estados do Nordeste, ou por editorias como viagem, gastronomia, design, arte e moda. 

A Carola é uma marca brasileira de joalheria contemporânea que carrega o apelido de infância de Carolina e a sua vontade de somar (Foto: Divulgação)

O Nordestesse, além de plataforma digital, promoverá mentorias com nomes do marketing e atuará ainda como facilitador entre marcas.

O hub criativo também promoverá festivais para apresentador os criadores do Nordeste ao Brasil. O primeiro acontece no dia 22 de setembro, de 10h às 19h, na loja Pinga, em São Paulo. 

“O Nordestesse vai estar sempre se acoplando a um parceiro para realizar projetos que amplifiquem e fomentem o trabalho dessas marcas. Não queremos apenas conectar, queremos desenvolver e acompanhar os projetos de ponta a ponta para garantir o crescimento econômico desses pequenos player”, disse Daniela em entrevista à Exame. 

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE