A dança sempre exerceu grande fascínio no universo da 7ª arte. Basta uma pesquisa rápida para perceber que o movimento corporal já resultou em inúmeros clássicos cinematográficos, alguns deles utilizando-o como metáfora surpreendente para estados mentais do ser humano. Pegando carona no Dia Internacional da Dança, celebrado em 29 de abril, e na crista da onda do novo título do polêmico diretor argentino Gaspar Noé, listamos 5 experiências do cinema que envolvem coreografias, romance, suspense e momentos inesquecíveis para cinéfilos (ou não).  

Cena do filme “Clímax”

Clímax (2018)

“Clímax”, de Gaspar Noé, estreou nos grandes festivais já causando burburinho, pelo seu apelo estético forte e inquietante. A película se passa nos anos 90, onde um grupo de dançarinos urbanos se reúne em um isolado internato, localizado no coração de uma floresta, para um importante ensaio. Ao fazerem uma última festa de comemoração, eles notam a atmosfera mudando e percebem que foram drogados quando uma estranha loucura toma conta deles. Sem saberem o por quê ou por quem, os jovens mergulham em um turbilhão de paranoia e psicose.

Ritmo Quente (1987)

Passamos de um filme com tensão para um clássico da Sessão da Tarde. “Ritmo Quente” marcou época com suas cenas e trilha sonora, chegando a faturar um Oscar por suas canções. O filme acompanha Baby, que, na esperança de curtir sua juventude, fica decepcionada ao descobrir que seus pais passarão o verão de 1963 com ela em um resort na sonolenta região de Catskills. Mas sua sorte muda quando ela conhece o instrutor de dança do resort, Johnny. Quando ele a coloca como sua nova parceira, os dois acabam se apaixonando.

Cisne Negro (2010)

Responsável por dar a atriz Natalie Portman o Oscar de Melhor Atriz, em 2011, Cisne Negro foi um marco na cultura pop. A moda, a arte e o design se apoderaram do Ballet como inspiração certeira. O filme mistura a beleza da dança com o psicológico absolutamente abalado da bailarina Nina, transformando a experiência em um turbilhão de emoções.

Dança Comigo? (2004)

A atriz e cantora Jennifer Lopez sempre foi conhecida por suas habilidades rítmicas. Colocar ela contracenando com o veterano Richard Gere foi um acerto em tanto e colaborou para o sucesso do filme “Dança Comigo?”. Sinopse: Mesmo tendo uma ótima carreira e uma família adorável, o advogado John Clark sente falta de algo em sua vida porque vive uma rotina que o sufoca. Uma noite, voltando do trabalho, ele percebe uma mulher atraente em um estúdio de dança e decide se matricular na classe. Enquanto Clark encontra um novo interesse em sua vida, sua esposa Beverly suspeita da sua ausência frequente, mas mesmo assim ele decide manter sua dança em segredo.

Ela Dança, Eu Danço (2006)

Street Dance elevado ao mais puro conceito fílmico e claro, com aquela dose de romance que todo mundo ama. Romance que, inclusive, se tornou real com os atores Channing Tatum e Jenna Dewan. A dança moderna de “Ela Dança, Eu Danço” é um prato cheio para os amantes da ação, com cenas inspiradas que causam arrepios. Imperdível.

VEJA TAMBÉM: Cinco documentários musicais para assistir na Netflix; confira a lista especial