Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

[email protected]
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Publieditorial

Rosalinda Pinheiro ensina a escolher tinta para ambientes com higienização constante

21 jun 2022 | Living

Por Redação

A arquiteta é especialista em projetos hospitalares e dá dicas escolher o melhor acabamento para esse tipo de ambiente

Especialista em arquitetura hospitalar, Rosalinda Pinheiro lista os principais cuidados ao escolher a tinta para ambientes de higienização constante. (Foto: Marília Camelo)

A pintura é uma parte muito importante dos ambientes, não só pelo fator decorativo, mas também pela proteção que ela traz às superfícies. Em locais como hospitais e escolas, por exemplo, que necessitam de higienização constante, o cuidado na hora de escolher a tinta é ainda maior. Em entrevista à Plataforma MT, a arquiteta especialista em arquitetura hospitalar, Rosalinda Pinheiro, dá mais detalhes sobre o assunto.

LEIA MAIS >> Como escolher a cor certa para renovar os ambientes de casa

Milena Holanda detalha como usa madeira nos projetos arquitetônicos

“Normalmente, para esses locais, são escolhidas tintas acetinadas porque apresentam mais possibilidade de fazer a manutenção, de fazer uma limpeza na parede. Aquela tinta fosca, por exemplo, não te dá essa condição”, aponta.

A arquiteta detalha ainda a importância da escolha das cores para trazer diferentes sensações aos locais. “Quanto mais opções eu tiver, melhor, porque a gente vai deixar o ambiente mais sóbrio, dentro de espaços como uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo). Já na Pediatria, pode ousar um pouco mais na cor. Isso numa área infantil é muito bacana”, detalha.

No projeto para o Centro Avançado de Retina e Catarata, Rosalinda Pinheiro uniu tons suaves na parede ao revestimento em madeira. (Foto: Arquivo pessoal)
Projeto da arquiteta Rosalinda Pinheiro para o Centro Visual Valter Justa (Foto: Arquivo pessoal)

Rosalinda ressalta, ainda, a importância de se mesclar a pintura na parede com outros materiais no ambiente, como revestimentos em madeira, para deixar mais aconchegante. Antigamente se tinha uma arquitetura hospitalar muito fria. Hoje não, já mescla mais com a madeira, para dar daquele aconchego do seu quarto. Quanto mais o leito remete a um quarto mesmo, mais agradável ele fica”.

Com relação à higienização, o protocolo é simples e sem segredos, segundo a arquiteta: deve ser feita com água, detergente ou álcool 70% e esponja. Já a manutenção da demão de pintura é feita entre dois e três anos.

Este conteúdo tem o apoio de Tintas Iquine, marca brasileira que desenvolveu a tinta acrílica premium Pró Saúde, pensada para o segmento de health care. O produto é indicado para ambientes que necessitam de proteção e higienização constantes, como clínicas, hospitais, restaurantes, creches, escolas, pet shops e etc. Saiba mais no site oficial da Iquine.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE