Com o tema “Vai dar Praia”, o DFB Festival, maior encontro da moda autoral da América Latina celebra 20 anos, cuja edição ocupará de 15 a 18 de maio Aterro da Praia de Iracema. O lugar, aliás, também é especial para Silvania de Deus, afinal é na Praia de Iracema que há duas décadas ela mantém o seu ateliê (na Rua dos Tabajaras, nº 660e se inspira para encantamentos feitos à mão e formas exclusivas diversas de tecer moda.

A partir das 21h do sábado (18), o desfile de Silvania de Deus sobe à passarela com a nova coleção “Imersa”, encerrando em grande celebração os 20 anos de ciclo também do DFB Festival. O desfile da estilista sugere estar conceitual e vividamente imersa nessa imensidão de fabulações criativas, em “um mergulho na parte mais profunda de mim”, revela Silvania. O desfile contará as duas décadas de lançamento da sua marca autoral, renovando criações inspiradas nos ciclos femininos e com detalhamentos inéditos ao contar as histórias de cada roupa nas passagens pela passarela.

Croqui da coleção que será apresentada por Silvânia no DFB

As 43 peças da coleção “Imersa” trarão desde a alfaiataria bem natural em algodão orgânico e linho aos bordados de Maranguape pelas mãos da mestra Maria do Carmo e estampas em serigrafia manual e digitais patrocinadas pela Casa que nos habita da designer Juliana Azevedo.

Além de maravilhosas joias assinadas por Telma Aguiar, acessórios finos também lustram os vestuários com brincos, pulseiras, braceletes, todos em metais, alguns desenhados pela ex-modelo e designer Sandra Luck, executados pela maestria da Componentes, marca apoiadora do desfile. O flutuar na passarela vem dos sapatos da Fridíssima (por Lígia Nantua), também nessa parceria.