Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Ceará deve receber 1,7 milhão de doses da vacina no primeiro semestre de 2021, afirma Camilo Santana

16 dez 2020 | Notícias

Por Redação

O Ceará deve receber 1,7 milhão de doses da vacina contra a Covid-19 no primeiro semestre de 2021 para imunizar as pessoas que estão dentro do grupo de risco. A informação foi confirmada pelo governador do Ceará, Camilo Santana, na manhã desta quarta-feira (16), em Brasília, durante o lançamento do Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19, solenidade realizada pelo Governo Federal.  

LEIA MAIS >> Laboratório do Governo do Estado recebe medalha por atuação na pandemia 

Educação pública é tema de livro lançado pelo Governo do Ceará

“A expectativa é que a gente já possa no mês de fevereiro iniciar essa vacinação, prioritariamente com os profissionais de saúde, pessoas idosas e com comorbidades. Há uma previsão de que no primeiro semestre o Ceará receba 1,7 milhão doses”, informou o chefe do Executivo estadual. Segundo Camilo, os primeiros a receberem o imunizante no estado serão os profissionais de saúde, “porque estão na linha de frente no enfrentamento à Covid-19”, disse Camilo, que esteve no Palácio do Planalto acompanhado do secretário-Chefe da Casa Civil, Chagas Vieira.

O governador foi à Brasília participar do lançamento do Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19. (Foto: Reprodução/Governo do Estado do Ceará)

Além disso, também fazem parte dos grupos prioritários a população indígena, professores, trabalhadores das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema profissionais e população privada de liberdade. Cada grupo será vacinado por etapas, sendo a meta mínima do Governo do Estado vacinar 95% dos grupos prioritários, totalizando 1.794.076 pessoas. 

A fim de garantir o sucesso da campanha de vacinação no Ceará, Camilo afirmou que o Ceará vem garantindo os insumos necessários para iniciar a imunização da população. “Mesmo o Ministério tendo informado que está comprando 300 milhões de seringas e agulhas, nós também estamos comprando seringas, agulhas e refrigeradores para guardar as vacinas, porque, a partir do momento que o Estado as recebe, é responsabilidade nossa fazer toda a logística de distribuição para a população cearense”, pontuou o governador.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE