logo

Cineteatro São Luiz lança projeto de visita guiada online gratuita

Por Redação
Cineteatro São Luiz lança projeto de visita guiada online gratuita
Na visita guiada, são descritos aspectos históricos dos cinemas de Fortaleza, assim como a trajetória do fundador do Cine: Luiz Severiano Ribeiro. (Foto: Divulgação)

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Cineteatro São Luiz celebrou, na última terça-feira (26), cinco anos de reabertura. O equipamento continua se reinventando pela arte, pelos artistas e pelo público. Para comemorar a data, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) lançou projetos para que o público embarcar na história do São Luiz, como a visita guiada online gratuita.

Na visita guiada, são descritos aspectos históricos dos cinemas de Fortaleza, assim como a trajetória do fundador do Cine: Luiz Severiano Ribeiro. O formato de linha do tempo traz ilustrações, cronologia e curiosidades do período, até chegar na atualidade.

LEIA MAIS >> Fortalezenses expressam relações histórico-culturais com o município; assista vídeo

Fortaleza e Santiago do Cacém, em Portugal, firmam parceria cultural

Aqui, o público é convidado a adentrar os espaços do equipamento, do Foyer ao Palco, através de vídeos gravados em 360º. A visita online finaliza como a presencial, com convite para conferir um documentário sobre as atividades do Cineteatro ao longo dos últimos anos (desde a reabertura).

Também na terça-feira (26), ocorreu o lançamento do “Arte em Rede”, uma convocatória para seleção de projetos em formato digital destinada aos artistas da cidade. A iniciativa pioneira da Secult, Cineteatro São Luiz, Theatro José de Alencar, Casa de Saberes Cego Aderaldo, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e Porto Dragão, irá integrar e potencializar as programações online desses equipamentos. O período de inscrição é de 26 de maio a 5 de junho de 2020 e mais informações estão disponíveis no site.

No site, também é possível acessar o “Sons do Ceará”. Novidades no campo audiovisual já tem data prevista para estreia, uma delas é a Mostra do Audiovisual Cearense, que tem início na quinta-feira (28), às 20h, com o filme “Padre Cícero: o apóstolo rebelde”, de Helder Martins de Moraes.

Cultura e arte

De acordo com Rachel Gadelha, diretora do Cineteatro São Luiz, os espaços de encontro com a cultura e com a arte estão diante do desafio de dar respiro às diferentes formas de alimentar os diversos olhares e vozes que preenchem suas plateias e seus palcos.

“Nesta missão de ser lugar de memória e reinvenção ao mesmo tempo, o Cineteatro São Luiz está vivo e quer se conectar com artistas e público por meio das telas, como já fez milhares de vezes. Agora, o encontro não será em uma das poltronas vermelhas da Rua Major Facundo, 500 (ou Praça do Ferreira). A projeção não será naquela grande lona de 13 m x 7 m. Em 2020, o público conhecerá uma nova ‘caixinha’ de ideias. Um novo lugar para se sentir dentro do Cineteatro São Luiz, para estar em casa, para se emocionar, para viver arte e cultura”, destaca.

Veja também