Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Criadores de filtros para o Instagram revelam os bastidores do ofício

27 ago 2020 | Notícias

Por Jacqueline Nóbrega

Ajustar o tom da pele, simular uma make cheia de glamour, inserir brilhos, cores e até imagens de pets são algumas transformações que os filtros de Instagram fazem nas imagens compartilhadas na rede social. Os filtros mais populares levam a assinatura de personalidades como Kylie Jenner, Manu Gavassi e outros famosos, mas você sabia que a plataforma permite que qualquer usuário crie um filtro para chamar de seu?  Muitas pessoas, aliás, estão se profissionalizando no segmento e a criação de filtros se tornou uma fonte de renda.

LEIA MAIS >> Lívia Moreno se divide entre a Medicina e produzir conteúdo para o Instagram

Marissa Pimenta questiona padrões e mostra maternidade real nas redes sociais

Estudante de Engenharia de Energias, João Paulo Lima viu nos filtros uma oportunidade durante a pandemia. Somente nos últimos três meses, já criou em torno de 50, e as demandas não param de chegar. Natural de Tocantins e radicado em Fortaleza há 15 anos, ele caiu de paraquedas na profissão após uma alerta da namorada. “Ela observou esse movimento e resolveu que queria ter um filtro. Foi atrás de como criar, mas não compreende muito sobre o assunto, então pediu minha ajuda. Fiz meu primeiro filtro para a minha namorada”, conta. 

Ele conta que, no entanto, para usar o programa disponibilizado pelo Facebook gratuitamente para a criação dos filtros, chamado Spark AR, é necessário ter habilidades relacionadas a programação, design gráfico e criatividade, além de noções de atendimento. “Eu diria que o mais importante é o atendimento porque a pessoa precisa se portar e se comunicar bem”. 

É pelo próprio Instagram que João Paulo entra em contato com os clientes, e explica o processo, as possibilidades e restrições. Ele estabeleceu um valor mínimo para a criação, e de acordo com a complexidade do pedido o valor vai aumentando.

João Paulo já criou mais de 50 filtros para o Instagram, somente durante a pandemia (Foto: Arquivo pessoal)

O estudante pontua que ter filtros vai além de apenas umas tendência e pode ser um grande aliado no marketing digital. “Pode trazer uma visibilidade maior para a sua marca, empresa ou imagem”. 

“Quero dizer também para as pessoas cuidarem de suas mentes. Às vezes nesse mundo virtual as pessoas se espelham demais em imagens de mulheres e homens belíssimos, com padrões de beleza fora da realidade da maioria, e tudo isso não passa de filtro. Cuide da sua saúde mental“. 

Como boa parte dos movimentos ligados ao mundo das redes sociais, João Paulo reconhece saber que a profissão é passageira. “Porém é uma ferramenta que vem recebendo diversas atualizações e novas funções vão surgindo constantemente. Desde que iniciei, nunca tive a pretensão de continuar ou investir pesado nessa área, mas tratarei com responsabilidade, respeito e empenho enquanto estiver realizando isso”.

Espaço para crescer

Arthur Chaves é brasiliense e também encontrou nos filtros uma possibilidade de se reinventar durante a pandemia. Estudante de Publicidade e Propaganda, ele começou no ramo quando uma amiga lhe pediu ajuda na criação de um filtro. Ele passou a pesquisar, viu que existia um grande mercado e acabou oferecendo os serviços para quem tinha interesse. 

A partir dos filtros criados em pouco tempo, ele já coleciona 500 milhões de impressões. O próprio Instagram, segundo ele, informa diariamente as estatísticas. “Essas informações são muito importantes para medir o nível de engajamento e possibilitar novas parcerias”. 

Estudante de Publicidade e Propaganda, Arthur Chaves cria filtros que já têm mais de 500 milhões de visualizações (Foto: Arquivo pessoal)

O estudante trabalha com um método diferente de João Paulo: prefere cobrar um valor único pela criação, pois acredita que assim tem mais liberdade de propor novas ideias aos clientes. Depois de aprovado, ele mesmo posta o filtro na plataforma. O Instagram pode demorar até dez dias úteis para aprovar. “Caso o filtro não seja aceito, sou notificado com os motivos da reprovação para que eu possa corrigi-lo e repostá-lo”. 

Todo o processo de atendimento de Arthur é virtual, via WhatsApp. Ele ressalta que a plataforma para criações livres foi disponibilizada para o público somente em 2019, por isso acredita que a profissão está só no começo. “As empresas estão nos conhecendo agora, as agências de publicidade ainda não têm um criador de filtros. Acredito que estamos só no começo, há muito espaço para crescer”. 

“Criar filtros é uma tarefa que exige muito tempo, trabalho e dedicação. Falo isso porque muita gente acredita que fazemos filtros por hobby e acabam não valorizando o nosso trabalho”, conclui.

Passo a passo

De acordo com a assessoria de imprensa do Instagram, para criar um filtro para a plataforma, basta baixar o programa Spark AR e que o usuário respeite as diretrizes da comunidade e as regras específicas para efeito.

“Depois de criados, os filtros passam por um processo de revisão, antes de ficarem disponíveis na plataforma”, diz nota enviada pela plataforma ao Site MT. Ainda no site do programa, é possível encontrar uma série de tutoriais para que o profissional entenda o funcionamento.

Opinião de quem tem filtro próprio

As criadoras de conteúdo de moda e beleza são as que mais disponibilizam filtros para seus seguidores no Instagram. No Ceará, os filtros criados por influenciadoras como Luiza Bezerra e Isabele Temoteo, por exemplo, se destacam. Luiza tem disponível 4 opções, já Isa 2. Para ter acesso, basta acessar o perfil de cada um por meio do celular e fazer o download.

A dentista Ilanna Andrade, apesar de não ser influenciadora digital, conta  que a vontade de ter um filtro foi pra reforçar sua imagem profissional na plataforma, além de garantir maior interação com os seguidores. Ela, aliás, usa a ferramenta como continuação do seu trabalho no consultório, promovendo lives e tirando dúvidas relacionadas ao mundo da estética oral e implantes dentários, por exemplo.

“A ideia surgiu quando vi o filtro de uma amiga, que é psicóloga, e eu achei super legal a interação que ela criou com outros colegas da área e pacientes. O objetivo é as pessoas usarem, compartilharem e querendo ou não divulgar o meu trabalho“. 

A dentista Ilanna Andrade usa o filtro do Instagram como aliado na profissão (Foto: Reprodução)

O filtro criado por João Paulo, a pedido de Ilanna, funciona com formato 3 em 1. Além de ter frases em referência ao mundo da odontologia, como “Sorrisão em dia” e “Acredite no poder do seu sorriso“, ele ainda oferece uma opção de make mais leve, até para a própria Ilanna usar e divulgar seu trabalho. 

Elo de conexão

A criadora de conteúdo e jornalista Ana Karenyna já tem quase 3 milhões de impressões no filtro “Aconchego“, desenvolvido por Arthur Chaves para ela, que está no ar somente há três semanas. “São pessoas salvando, curtindo, usando e compartilhando. É bem legal porque leva muito do que gosto de compartilhar no Instagram”, contou ela.

A ideia de ter um filtro para chamar de seu nasceu para que ela tivesse mais um elo de conexão com as mais de 11 mil seguidoras, que ela carinhosamente chama de manas. “No meu perfil mostro um recorte de como gosto de ver e viver a vida: tem dicas de decoração, caseirices, mesa posta e muitas truqueiras para tornar o cotidiano mais leve, seja fazendo uma dobra de toalha ou mesmo preparando uma mesa linda pra viver um momento especial em família. Aí pensei em criar um filtro que trouxesse frases  para refletir esses momentos que elas se identificam bastante”.

O filtro Aconchego teve quase 3 milhões de impressões em 3 semanas (Foto: Reprodução/Instagram)

“O nome do filtro é Aconchego e tem frases como ‘cada coisa em seu lugar‘, ‘mesa posta com afeto‘. Me preocupei com a estética para que ficasse clean e elegante, podendo ser usado tanto na câmera frontal como na traseira. Amei o resultado! Além desse elo de conexão, ele também ajudou a manter o termômetro do engajamento. Atualmente, temos uma média de 500 mil impressões no meu perfil“, complementa, 

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE