Dois abrigos temporários são abertos para receber pessoas em situação de rua

Por Redação
Dois abrigos temporários são abertos para receber pessoas em situação de rua
Um dos abrigos temporários está funcionando no prédio do Centro-Dia para Idosos, na Barra do Ceará, que estava inativo por causa da quarentena. (Foto: Divulgação)

Dois novos abrigos temporários foram abertos, na última quarta-feira (25), em caráter emergencial, para receber pessoas em situação de rua. Os equipamentos da Prefeitura de Fortaleza dispõem de 150 vagas e estão localizados nos bairros Centro e Barra do Ceará.

Conforme a Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), a expectativa é inaugurar, ainda nesta semana, dois novos abrigos temporários para crianças e adolescentes, localizados na Sapiranga e em Messejana.

LEIA MAIS >> Hemoce faz agendamento online para receber doações de sangue

Máscaras cirúrgicas serão feitas e doadas a hospitais do CE; Grupo precisa de insumos

“Estamos tomando todas as providencias e recebendo apoio de entidades e empresários para garantir a proteção dessas pessoas em situação de rua. A sociedade civil também pode ajudar para reduzir os impactos do coronavírus em Fortaleza”, pontuou o titular da SDHDS, Elpídio Nogueira.

Mudanças

Ainda segundo a pasta, o Refeitório Social alterou o funcionamento e elaborou um esquema de distribuição de “quentinhas”. O objetivo, informou, é evitar que as refeições sejam feitas nas dependências da estrutura.

Por meio do Movimento Supera Fortaleza, destaca a SDHDS, serão distribuídas 600 refeições para quem não conseguir chegar às unidades de assistência como Centros de Referência para População em Situação de Rua (Centros Pop) e Centro de Convivência.

Assistência social

Na semana passada, durante uma reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus, o prefeito Roberto Cláudio disse que haverá ações direcionadas à assistência social, como uma vacinação específica às pessoas que vivem em situação de rua. O gestor informou ainda que, a partir desta quinta-feira (26), 100 novos médicos fortalecerão a Atenção Primária e serão destinados aos Postos de Saúde com carência profissional nas equipes.

Veja também