Exposição em Paris tem escultura da Bvlgari em parceria com Francesco Vezzoli

Por Tainã Maciel
Exposição em Paris tem  escultura da Bvlgari em parceria com Francesco Vezzoli

Em uma fusão entre a alta joalheria e a arte contemporânea, Bvlgari e o artista italiano Francesco Vezzoli se uniram para criar uma preciosa escultura que faz parte da exposição “Huysmans, de Degas à Grünewald sob o olhar de Francesco Vezzoli”, em cartaz até o dia 1º de março de 2020, no Museu de Orsay, localizado em Paris.

LEIA MAIS >> Guia de Compras: confira dicas de looks para festas por Márcia Travessoni

Serpenti Seduttori: nova linha de relógios da Bvlgari é lançada na Tallis Joias

Tortue de Soirée (Foto: Divulgação)

A peça, nomeada de Tortue de Soirée (Tartaruga da Noite), é uma tartaruga com casco de latão cravejado com pedras preciosas, e foi inspirada no romance À Rebours de Joris-Karl Huymans. A imaginação exuberante de Vezzoli e o talento da Bvlgari com cores e formas são a combinação perfeita.

A concha polida da tartaruga é cravejada com ametistas translúcidas e rubelitas de lapidação, cabochon, peridoto, citrino e topázio (43 pedras com um total de 1500 quilates), combinadas com nove moedas em prata da Grécia Antiga. Os artesãos da Bvlgari trabalharam por 530 horas cravejando pedras e moedas, transformando a carapaça em uma joia obra-prima.

A curadora da marca e herança da Bvlgari, Lucia Boscaini, com Francesco Vezzoli  e Erin O’Connor (Foto: Divulgação)

Desenvolvido pelo departamento de herança da Bvlgari, esse projeto é o mais novo exemplo do compromisso duradouro da maison em apoiar talentos artísticos e herança cultural.

Francesco Vezzoli afirmou que a peça é um símbolo da atual concretização opulenta, vibrante e decadente da beleza. “Longe do mundo rarefeito da alta joalheria, que tradicionalmente se dirige à elite, esse trabalho representa a primeira joia ‘pública’ destinada a surpreender, entreter e fazer as pessoas pensarem”, afirma.

Francesco Vezzoli e sua criação (Foto: Divulgação)

Lucia Boscaini, curadora da Bvlgari, acredita que a marca está conectada com a arte. “A Bvlgari sempre concebeu a joalheria como uma forma de arte, da inspiração ao artesanato, e a escultura de joalheria criada com Francesco Vezzoli é o resultado de um empolgante diálogo artístico entre nossos códigos estilísticos”.

Fotos: Divulgação

Veja também