Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Grupo Jacauna inaugura usina solar e de reflorestamento no semiárido cearense

10 ago 2021 | Notícias

Por Redação

A inauguração da primeira usina solar do Grupo Jacauna reuniu autoridades no município de Marco, no semiárido cearense. (Foto: Divulgação)

Com sede em Marco, município cearense distante 221 km de Fortaleza, foi inaugurada nesta terça-feira (10), a primeira usina solar no Grupo Jacauna Movéis. O empreendimento tem geração de energia solar de 2,2 megawatts (MW), com capacidade para gerar 1,8 MW para o seu parque fabril. Na ocasião, também foi anunciado a  segunda fase da reserva de reflorestamento de eucalipto para a produção própria de móveis. Estiveram presentes o governador do Ceará, Camilo Santana, o prefeito de Marco, Roger Aguiar, e o presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Ricardo Cavalcante

LEIA MAIS >> M. Dias Branco fecha parceria com Fiec para ampliar negócios no exterior

Maia Júnior detalha o que é hidrogênio verde e porque ele é promissor no Ceará

Com a usina, estima-se que grupo deixará de consumir cerca de 90% de energia gerada de fontes tradicionais. O impacto para o município é a redução de consumo de água na geração de energia hidráulica, que agora poderá ser utilizada por famílias e no agronegócio, que residem no semiárido cearense. 

(Foto: Divulgação)

“Hoje é um momento muito importante para a indústria cearense. A Cidade de Marco é uma referência moveleira para o estado e vemos aqui algo impressionante, um oásis dentro do estado do Ceará. Uma empresa nacional com mais de 1.600 colaboradores, trabalhando na área da inovação, tecnologia e design. A inauguração dessa planta de energia solar, além da área de reflorestamento de mais de mil hectares, é um exemplo para o futuro”, destacou Ricardo Cavalcante.

Além do presidente da Fiec, estiveram presentes o Deputado Rogério Aguiar, proprietários do Grupo Jacaúna;  o Senador Cid Gomes; o Presidente da Assembleia, Evandro Leitão; o Presidente do Sindmóveis, Júnior Osterno; o Presidente do Sindserrarias, Agostinho Alcântra; o presidente do Sinconpe, Dinalvo Diniz; o diretor administrativo da Fiec, Chico Esteves; e o diretor financeiro da Fiec, Edgar Gadelha.

(Foto: Divulgação)

Impacto ambiental 

Além disso, o grupo investe na região através do maior plantio de eucalipto do Estado. A expectativa é que em dez anos a indústria consuma a própria madeira, que além do consumo interno, também será comercializada no mercado interno e para exportação. 

O plantio engloba a recuperação de áreas de mata nativa, gerando abrigo e alimento para cerca de mais de 40 espécies de animais, como também captura da atmosfera cerca de 200 toneladas de gás carbônico por hectare. A primeira fase do reflorestamento se extende à 1 mil hectares e a segunda fase com mais 1 mil hectare. A ideia é chegar a 5 mil hectares de reflorestamento na região.

De acordo com Camilo Santana, a usina solar e o reflorestamento são uma contribuição significativa para o meio ambiente, reduzindo impactos poluentes ao meio ambiente. (Foto: Divulgação)

“A Jacaúna é uma empresa genuinamente cearense presente em quase todos os estados da federação, e inova hoje na área da sustentabilidade. Primeiro com a energia solar. Depois com o reflorestamento. Temos aqui uma contribuição ao meio ambiente, à natureza, ao futuro, à sustentabilidade. Quero aqui registrar nosso orgulho de ter empreendedores cearenses como vocês”, afirmou o chefe do Executivo cearense. 

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE