Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Mais de mil pacientes já foram beneficiados pelo uso do capacete Elmo

6 maio 2021 | Notícias

Por Redação

A boa notícia foi comemorada na última quarta-feira (5), no Hospital Regional Unimed. (Foto: Divulgação)

Na última quarta-feira (5), o Hospital Regional da Unimed anunciou que mais de mil pacientes foram beneficiados pelo capacete Elmo. O marco foi comemorada pela direção da Unimed Fortaleza,  no Hospital Regional da Unimed, com a presença do Diretor Regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Ceará), Paulo André Holanda, que representou o Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Ricardo Cavalcante; e do superintendente da Escola de Saúde Pública e idealizador do Elmo, Marcelo Alcantara.

LEIA MAIS >> Como comprovar sua comorbidade para vacinação em Fortaleza

Prefeitura de Fortaleza disponibiliza novo vacinômetro

O hospital anunciou ainda que 612 pacientes não foram intubados devido ao uso do equipamento, ou seja, cerca de 60% dos pacientes com Covid-19 que usaram o Elmo apresentaram melhora no quadro respiratório e não precisaram ser intubados. 

Mecanismo de respiração artificial não invasiva, o Elmo funciona por meio de uma cápsula de PVC e silicone com conexões. A grande vantagem do equipamento é o baixo custo. Além disso, ele pode ser desinfectado e reutilizado. 

Projeto inovador 

Na ocasião, Paulo André Holanda contou como começou o projeto Elmo, em abril de 2020. De acordo com ele, todo o desenvolvimento, protótipos, testes de usabilidade, testes clínicos e primeiros treinamentos do Elmo foram feitos no Instituto Senai de Tecnologia (IST) e no Senai Jacarecanga. “Na nossa trajetória tivemos parceiros muito importantes. Desenvolver e aprovar um equipamento hospitalar em 6, 7 meses é um feito imenso. Agradeço ao Presidente Ricardo Cavalcante, aos parceiros e à Unimed por terem acreditado nesse projeto do Elmo”, destacou o diretor do Senai. 

O equipamento, pensado para minimizar os problemas causados pela contaminação dos profissionais de saúde, falta de ventiladores pulmonares e intubações, foi inspirado em modelos de capacetes italiano e estadunidense. 

O Diretor Regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Ceará), Paulo André Holanda, representou o Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Ricardo Cavalcante. (Foto: Divulgação)

“A partir da literatura e de toda a ciência por trás do que já havia sido produzido de semelhante, montamos o primeiro protótipo. Todas as instituições parceiras contribuíram para que o Elmo se tornasse verdadeiramente uma inovação. Foi na Unimed que a semente que plantamos, assim como em vários outros hospitais, floresceu mais forte e com mais impacto”, ressaltou Marcelo Alcantara. 

O presidente da Unimed Fortaleza, Elias Bezerra Leite, agradeceu aos idealizadores do Elmo. “Temos muito a agradecer a vocês que desenvolveram esse equipamento com a alma. No começo, estávamos com toda essa dificuldade com respiradores, com compras, e o Elmo fez a diferença e continua fazendo”, disse. A reunião aconteceu numa das alas vazias do Hospital de Campanha instalado ao lado do Hospital Regional da Unimed. “É simbólico que estejamos fazendo isso aqui”, concluiu Elias Leite.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE