Rede de apoio é essencial para empresas enfrentarem a crise

Por Jacqueline Nóbrega
Rede de apoio é essencial para empresas enfrentarem a crise
O "Batom com Negócios" começou em 2019 e hoje já reúne 68 mulheres empreendedoras mulheres Foto: Reprodução/Instagram

O grupo “Batom com Negócios” nasceu em 2019, idealizado pelas empresárias Alyne do Vale Bezerra e Deborah Bandeira, como um espaço de troca de informações entre mulheres empreendedoras. A rede de apoio, que conta com 68 integrantes atualmente, tem sido fundamental em meio ao isolamento social, que segue pelo menos até o dia 20 de abril, de acordo com o decreto do governador Camilo Santana.

O grupo nasceu para que empreendedoras femininas trocassem informações sobres seus negócios. Em 2019, elas até fizeram uma viagem até São Paulo para conhecer empresas e participarem de cursos Foto: Arquivo pessoal

“Somos empresárias que vivem a mesma realidade, então a troca de informações é riquíssima e numa momento de tantas incertezas e dúvidas como esse, somos um lugar de apoio e de sororidade“, explica Deborah, que ao lado de Ticiana Machado comanda a marca de vestuário Les Alis.

LEIA MAIS >> Empresas aumentam presença online e se reinventam durante a pandemia

Crise torna-se aliada e faz Somapay expandir operações em meio à pandemia

Ela reforça que as empreendedoras estão pensando em ações para se reinventar e, claro, apostando no canal de vendas online. “É importante que as empresas pensem fora da caixa e descubram novas estratégias para superar essa crise”.

Alyne do Vale Bezerra e Deborah Bandeira, idealizadoras do “Batom com Negócios” Foto: Reprodução/Instagram

Ticiana Barreira é uma das empreendedoras que também faz parte do movimento. Ela destaca que o fato de ter um grupo para compartilhar ideias traz força para superar essa fase. “Estamos também nos apoiando na vida pessoal, dando apoio e suporte. Todo dia alguém precisa de um momento de motivação, uma frase de incentivo. Afinal, esses dias tem sido nebulosos”.

No caso dela, responsável pelo Plus, parque e buffet especializado em entretenimento e festas infantis, seu negócio teve que parar por um período, já que o formato home office não se encaixava. Agora ela conseguiu retornar apenas com encomenda e oferecendo drive thru. “Pela primeira vez na nossa história, que completa 17 anos em julho, paralisamos nossa operação. Além de lidar com a questão sanitária, teremos que enfrentar um outro grande desafio que será a crise econômica que virá à reboque. Está sendo um momento muito difícil que exige dos empresários decisões complexas, mudanças diárias e muita criatividade para se reinventar”.

Ticiana Barreira é a responsável pelo Plus, parque e buffet especializado em entretenimento e festas infantis, que está funcionando somente com encomendas Foto: Arquivo pessoal

Positividade

Flávia Laprovitera, da Briejer, é mais uma empresária que participa do “Batom com Negócios”. Ela lamenta a crise que o mundo vive, mas prefere se manter positiva e esperançosa. “É uma situação muito delicada e de grandes desafios para todos nós, mas acredito que, quando tudo isso passar, teremos extraído lições valiosas sobre empatia, generosidade e amor ao próximo”.

Flávia Laprovitera se divide entre o home office, cuidar da fábrica da Briejer e da família em meio ao isolamento social Foto: Arquivo

A palavra de ordem para a empreendedora é reinvenção. “É um processo de metamorfose no qual todos precisamos passar! Eu acredito que apesar de tudo, jamais podemos perder a fé em Deus por dias melhores”.

Com a Páscoa chegando, uma das principais datas do comércio para a Briejer, Flávia tem adaptado sua rotina de trabalho, com parte em casa e parte na fábrica, que está fechada para atendimento, mas com equipe reduzida para resolver questões internas. “Esse formato é desafiador especialmente para quem tem criança em casa, mas tenho buscado manter a calma, cuidar da saúde mental e seguir o mantra de focar em um dia de cada vez, mas, claro, me preparando para os desafios que estão por vir”.

Veja também