Souvenirs de Fortaleza: Feirinha da Beira Mar e Mercado Central são referência em ‘lembrancinhas’

Por Tainã Maciel
Souvenirs de Fortaleza: Feirinha da Beira Mar e Mercado Central são referência em ‘lembrancinhas’
A Feirinha da Beira Mar é um dos points para lembrancinhas turísticas de Fortaleza. (Foto: Jade Queiroz/ Divulgação)

Presentear alguém que você ama vai além do material, do palpável. É gesto de carinho e um recado in(direto) que diz ‘eu lembro de você’, especialmente quando vem repleto de beleza e cultura. Conhecida por sua hospitalidade e artesanato, Fortaleza possui diversos polos com souvenirs para turistas. A Feirinha da Beira Mar e o Mercado Central, pontos imperdíveis da cidade, não decepcionam na hora de encontrar a lembrancinha perfeita.

LEIA MAIS >> Mercado dos Peixes e iguarias do litoral conquistam turistas

A bordo do Fortaleza Bus, Alexandre Pereira leva influenciadores para pontos turísticos de Fortaleza

A busca do presente ideal pode tornar-se um roteiro divertido pela capital cearense. Além das “lembranças”, o visitante ainda curte o aconchego da cidade. Outros points de Fortaleza, como o Centro de Artesanato do Ceará (CeArt), o Centro De Turismo Do Ceará (antigo Emcetur) e Av. Monsenhor Tabosa também conquistam pela variedade de itens.

Feirinha da Beira Mar

Quem visita Fortaleza quer levar um pouquinho dela consigo, e o que não falta são opções para a bagagem voltar cheia. A Feirinha da Beira Mar surpreende com artigos regionais, como roupas, calçados, redes, artesanato, castanhas, cachaças e doces que dão água na boca.

A feirinha da Beira Mar acontece desde a década de 1980. (Foto: Jade Queiroz/ Divulgação)

Com início durante a década de 1980, a Feira tornou-se um dos símbolos mais importantes da cidade. Diariamente, a partir das 17h, ela atrai moradores e turistas, sendo um dos pontos mais visitados na orla de Fortaleza.

A feirinha é tradicionalmente realizada na Volta da Jurema, mas durante as obras de requalificação da orla, as banquinhas estão posicionadas em frente ao Ideal Clube, próximo do cruzamento das avenidas Rui Barbosa e Historiador Raimundo Girão.

Mercado Central

Se você procura peças do artesanato cearense, o Mercado Central de Fortaleza conta com 533 boxes, cinco pavimentos e mais de nove mil metros quadrados de pura cultura. O primeiro edifício a abrigar o mercado foi construido em madeira, em 1809, e comercializava apenas carnes, frutas e verduras.

Primeira estrutura do mercado era em madeira e foi construída em 1809. (Foto: Divulgação/ Prefeitura de Fortaleza)

Porém, só em 1998, o Mercado mudou definitivamente e passou a se localizar no endereço que visitamos nos dias de hoje, no centro histórico da cidade. O prédio conta com estacionamento e, além do térreo, três andares vendem uma infinidade de peças em couro, sandálias, chapéus, bolsas, além de lindas rendas e bordados. Imperdível, não é?

O Mercado Central de Fortaleza fica na Avenida Alberto Nepomuceno, 199, Centro.

CeArt

Outra oportunidade para levar uma peça legítima de artesanato do Estado é uma visita ao Centro de Artesanato do Ceará (CeArt). Quem for conhecer o espaço irá se deparar com itens bem trabalhados e, muitas vezes, exclusivos. Além disso, muitos artesãos locais expõem e explicam a riqueza de seus trabalhos. No ponto turístico, destacam-se produtos de cerâmica, madeira, palhas e rendas.

Peça do Centro de Artesanato (Foto: Divulgação/Governo do Estado do Ceará)

O Centro de Artesanato está localizado na Praça Luiza Távora, um espaço arborizado e tranquilo que recebe um público variado, além de sediar eventos culturais periodicamente, dentre outras atrações.

A estrutura do Centro foi construída para garantir a acessibilidade. Reinaugurado em 2011, passou por restaurações, e hoje, garante a acessibilidade de pessoas com mobilidade reduzida e idosos. 

O Centro de Artesanato fica na Praça Luiza Távora, na Avenida Santos Dumont, 1589, Aldeota.

Centro de Turismo

Um dos primeiros equipamentos turísticos do Ceará, o Centro de de Turismo está instalado no prédio de 1866, que já abrigou uma cadeia pública e é tombado pelo Patrimônio Histórico Estadual.

Sede do Centro de Turismo já abrigou uma cadeia pública. (Foto: Reprodução/ Governo do Estado)

Foi também sede da Empresa Cearense de Turismo, motivo pelo qual muitos fortalezenses ainda chamam o local de Emcetur. Hoje, abriga mais de 100 boxes onde são vendidas peças de artesanato, com destaque para as criações em renda de bilro e renascença. Não podem faltar, é claro, itens típicos da gastronomia local, como doces, castanhas, cachaças e licores.

O Centro de Turismo fica na rua Senador Pompeu, 350, Centro.

Avenida Monsenhor Tabosa

Um dos maiores corredores de compras de Fortaleza, a Avenida Monsenhor Tabosa reúne desde lojas se artesanato a grandes marcas cearenses cujas coleções estão alinhadas às tendências da temporada.

A Av. Monsenhor Tabosa concentra lojas de artesanato e grandes marcas cearenses. (Foto: Divulgação)

O corredor de compras da Av. Monsenhor Tabosa se estende desde o cruzamento da via com a Avenida Dom Manuel até a rua João Cordeiro.

‘Explore a cidade’

O Mercado Central e a Feirinha Beira Mar são alguns do lugares indicados pelo Passaporte Fortaleza, publicação da Secretaria Municipal do Turismo (Setfor), com 11 dicas de passeios, locais de compras e pontos turísticos da Capital.

O visitante que completar o percurso, carimbando a publicação ou guardando a nota fiscal, ganha um brinde e um Certificado de Visitação, que poderão ser retirados no Estoril (Rua dos Tabajaras, 397), sede da Secretaria de Turismo (Setfor) do município. 

Passaporte Fortaleza (Foto: Divulgação)

Os passaportes, com uma versão em português e outra em inglês, podem ser obtidos gratuitamente nas Casas do Turista. Eles também são distribuídos nos principais hotéis da cidade e na área de desembarque do aeroporto. 

Além disso, outro recurso pode melhor a experiência na cidade para o visitante: o aplicativo Viver Fortaleza, plataforma com diversas informações e dicas de turismo da capital cearense. Ele está disponível para Android e iOS.


Veja também