WhatsApp limita reenvio de mensagens para evitar fake news sobre o novo coronavírus

Por Redação
WhatsApp limita reenvio de mensagens para evitar fake news sobre o novo coronavírus
O Facebook e o Twitter também fizeram mudanças nos produtos. (Foto: iStock)

Para evitar a expansão de notícias falsas sobre o novo coronavírus, o WhatsApp anunciou, nesta terça-feira (7), que limitará o reenvio de mensagens no aplicativo. De acordo com a nova política da empresa, não haverá mais como encaminhar um texto que foi retransmitido diversas vezes a cinco destinatários, somente a um.

LEIA MAIS >> ZPE utiliza tecnologia para evitar proliferação do novo coronavírus

Prefeitura de Fortaleza suspende pagamento de imposto para empresas

A alteração, no entanto, vale só para mensagens que são encaminhadas com frequência, estas que são rotuladas no aplicativo com setas duplas, que indicam que aquele texto não se originou de um contato próximo.

Políticas violadas

Seguindo a mesma lógica de evitar a expansão de notícias falsas pela internet, o Facebook e o Twitter também fizeram mudanças nos produtos. As duas redes sociais eliminaram publicações de políticos, como do presidente Jair Bolsonaro, por violarem políticas durante o surto do novo coronavírus no Brasil.  

Veja também