logo

Ricardo Cavalcante assume presidência da Associação Nordeste Forte e revela otimismo para o mandato

Por Redação
Ricardo Cavalcante assume presidência da Associação Nordeste Forte e revela otimismo para o mandato
O atual presidente, Ricardo Cavalcante, foi eleito por aclamação em outubro do ano passado (Foto: Divulgação)

Ricardo Cavalcante, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), tomou posse como novo presidente da Associação Nordeste Forte, na noite desta segunda-feira (22), na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI). “É com muito otimismo que pretendemos iniciar nosso mandato na Associação Nordeste Forte, pois temos razões de sobra para acreditar em uma indústria nordestina pujante, arrojada e conectada com o mundo contemporâneo”, destacou o gestor durante a posse.

LEIA MAIS >>> Ricardo Cavalcante e Maurício Filizola articulam parceria para fortalecer a economia cearense

Ricardo Cavalcante e Walter Cavalcante abordam ações de combate à pandemia em encontro na Fiec

Ricardo disse ainda assumir o cargo “na certeza de que iremos trabalhar coletivamente para identificar os principais gargalos que comprometem o crescimento da nossa indústria e atuar de forma inteligente usando todos os recursos tecnológicos e humanos de que dispomos em nossos estados”. 

O atual presidente foi eleito por aclamação em outubro do ano passado. Durante a cerimônia de posse, evento restrito a poucos convidados, uma comitiva de diretores da Fiec acompanhou Ricardo Cavalcante. Além disso, também tomaram posse Eduardo Prado, Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (Fies), como vice-presidente financeiro da Associação, e José Carlos Lyra, presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), como vice-presidente secretário da Associação.

Durante a cerimônia de posse, evento restrito a poucos convidados, uma comitiva de diretores da Fiec acompanhou Ricardo Cavalcante (Foto: Divulgação)

Mandato

Ricardo Cavalcante iniciou o evento de posse destacando o trabalho realizado pelo ex-presidente da Associação, Amaro Sales, que, durante a gestão, lançou a Programação Prioritária do Nordeste 2019 – 2022, documento que traz um conjunto de ações voltadas para valorizar o papel da indústria do Nordeste no ambiente econômico nacional.

“Esta Programação expôs, de forma contundente, a importância de combatermos a fragilidade das políticas de desenvolvimento regional, que pouco têm contribuído para a redução das desigualdades regionais no Brasil, comprometendo assim o nosso crescimento”, afirma Ricardo Cavalcante.

Além disso, o novo presidente ressaltou que nos últimos anos o Nordeste tem crescido acima da média nacional, alcançando 14,8% do PIB brasileiro em 2017. E, dessa forma, Ricardo Cavalcante deseja contribuir ainda mais para o desenvolvimento do Nordeste e do Brasil por meio do mandato à frente da Associação.

“O Nordeste é um celeiro de oportunidades e de realidades que precisam ser destacadas. A região tem um potencial tático de riquezas naturais e humanas que a credencia como um território atrativo a investimentos do mundo inteiro”, destaca Cavalcante. De acordo com ele, a Confederação Nacional da Indústria tem contribuído para a valorização da indústria brasileira no cenário político-econômico nacional e internacional, com contribuição significativa do Nordeste.

Durante a cerimônia, Ricardo Cavalcante também destacou o recém-lançado Programa de Hidrogênio Verde no Ceará, uma iniciativa da Federação, junto ao Governo do Ceará, a Universidade Federal do Ceará e o Complexo Portuário do Pecém. Lançado neste mês, o projeto tem como objetivo transformar o Estado em um HUB dessa nova matriz energética.

LEIA TAMBÉM >>> Ricardo Cavalcante defende união entre universidade e indústria em inauguração de centro de inovação da UFC

“Inúmeros estudos nacionais e internacionais apontam o Nordeste como uma das regiões com maior potencial para a geração de energia renovável em todo o mundo. Atualmente, 88% de toda a potência instalada de usinas eólicas e solares do Brasil estão no Nordeste “, finaliza o presidente.

Associação Nordeste Forte

A Associação Nordeste Forte foi criada em novembro de 2016 para promover ações de desenvolvimento socioeconômico na região Nordeste. Ela atua, dessa forma, para contribuir para a competitividade da indústria e para fazer com que a economia cresça, com a redução das desigualdades regionais.

Ricardo Cavalcante, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), tomou posse como novo presidente da Associação Nordeste Forte (Foto: Divulgação)

“Com a criação da Associação Nordeste Forte, os presidentes das Federações dos Estados participantes conseguiram se unir e ter um olhar mais elaborado para a região como um todo, e com isso ter resultados fantásticos para o Nordeste. Fortalecendo não só os Estados, mas todo o sistema industrial da região. Parabenizo o Amaro pelo trabalho realizado, e tenho certeza que o Ricardo Cavalcante irá melhorar ainda mais a base que já foi criada e pode contar com todo o apoio da CNI”, ressalta Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria.

Veja também