logo

Sarto Nogueira, Élcio Batista e vereadores tomam posse em cerimônia híbrida na Câmara

Por Redação
Sarto Nogueira, Élcio Batista e vereadores tomam posse em cerimônia híbrida na Câmara
Sarto Nogueira chegou à Câmara Municipal acompanhado da esposa, Natália Herculano, sem esquecer da cachorrinha Marrion, que roubou a cena (Foto: Divulgação)

Em evento híbrido, o novo prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira, tomou posse nesta sexta-feira (1º), assim como Élcio Batista, que assumiu o cargo de vice-prefeito. Além deles, 43 vereadores tomaram posse na Câmara Municipal para a legislatura 2021-2024.

LEIA MAIS >> Sarto anuncia novos secretários da Prefeitura de Fortaleza

Onélia Santana diz que Mais Infância vai formar uma geração mais acolhedora, pacífica e resiliente

Devido à pandemia de Covid-19, parte da cerimônia aconteceu virtualmente, o que ocasionou algumas pausas no evento por conta de problemas técnicos. Cada vereador acompanhou a solenidade de seu gabinete e se dirigiu até o plenário apenas no momento em que foi chamado para assinar o termo de posse, sem a formação de aglomeração.

Posse dos gestores

Após a nomeação da nova Mesa Diretora da Casa Legislativa, houve a posse de Sarto Nogueira e do vice-prefeito, Élcio Batista. Na solenidade, estavam presentes Natália Herculano, nova primeira-dama da cidade, e Luciana Sousa, esposa de Élcio Batista.

Sarto Nogueira discursou na Câmara Municipal (Foto; Divulgação)

Durante o discurso de posse, Sarto reafirmou a gratidão pela vitória nas eleições de 2020 e citou que pretende gerir o cargo com base no diálogo aberto e franco. O novo prefeito também mencionou os avanços da cidade, mesmo em um ano marcado por crises.

“Fortaleza alcançou o maior produto interno bruto do Nordeste, mas é preciso avançar e compartilhar os frutos desse desenvolvimento. Fortaleza é uma cidade historicamente muito desigual. A administração do prefeito Roberto Cláudio combateu esse mal com obstinação e obteve resultados esplêndidos em todas as áreas […] Porém, o tanto realizado, embora muito, foi menor do que ainda é necessário fazer”, disse.

“Nossa responsabilidade é trabalhar dia e noite, todo dia, para reduzir ainda mais a diferença entre as condições de vida dos mais ricos e dos mais pobres. Sobretudo, porque essa distância foi acentuada durante a pandemia do Covid-19”,

disse Sarto Nogueira.

O prefeito eleito também falou sobre os desafios que serão enfrentados em 2021. Saúde, economia e educação estão entre as prioridades da nova gestão. “Temos que promover a recuperação econômica com geração de emprego e renda, especialmente para jovens e mulheres; a retomada segura das aulas presenciais com a regularização do calendário escolar e, em paralelo, garantir a vacinação da população fortalezense”.

“Não há tempo e nem espaço para o negacionismo que despreza a ciência. A vida de nossa gente é nosso bem mais precioso e nós não podemos permitir que o obscurantismo atrapalhe nossa missão de superar essa pandemia,

comentou o prefeito.
Sarto Nogueira, Antônio Henrique e Élcio Batista (Foto: Divulgação)

Sarto finalizou o discurso em tom otimista e reforçou o desejo de união entre a esfera pública e a sociedade civil. “Temos projeto, equipe e disposição para fazermos de nossa cidade um lugar muito mais justo, digno e inclusivo para todos“.

Após a posse, Sarto e Élcio dirigiram-se para o Paço Municipal para a cerimônia de transmissão de cargo com a presença de Roberto Cláudio (Foto: Reprodução/Instagram)

Discurso do governador

Após a fala de Sarto Nogueira, o governador do Ceará, Camilo Santana, discursou na cerimônia, por meio de chamada de vídeo ao vivo. “Quero desejar boa sorte ao prefeito Sarto e ao vice Élcio, em nome de todos os outros prefeitos e vereadores que tomaram posse hoje no Estado do Ceará”, comentou.

Camilo Santana participou do evento de forma remota (Foto: Reprodução/Youtube)

Durante a mensagem, o governador também agradeceu aos prefeitos que encerraram a gestão nesta sexta-feira (1°) e falou sobre os desafios deste ano, entre eles: a vacinação em massa, a retomada das aulas presenciais e a geração de empregos.

Vereadores eleitos

Antes da posse de Sarto Nogueira, 43 vereadores assinaram o termo que oficializou seus lugares na Casa Legislativa. Por ser o vereador mais velho e com mais mandatos na Câmara, o parlamentar Elpídio Nogueira, irmão do novo prefeito, foi o responsável por convocar por ordem alfabética os vereadores eleitos, que se deslocaram ao plenário em pequenos grupos. No início da cerimônia, Elpídio parabenizou o trabalho da Secretaria Municipal da Saúde nas ações de combate à pandemia na cidade.

“Nós, que estamos iniciando a 19° legislatura, queremos desejar a todos os 43 vereadores eleitos que deem continuidade ao trabalho [da última gestão] e que tragam as inovações necessárias para que Fortaleza possa continuar sendo protagonista no nosso País, na educação, no equilíbrio fiscal e em outras áreas”, disse.

Eleição da nova Mesa Diretora (Foto: Divulgação)

Após a assinatura, os vereadores elegeram a Mesa Diretora, responsável por ordenar os trabalhos legislativos e pautar as matérias que serão discutidas no plenário da Câmara.

Foram eleitos para composição da nova Mesa Diretora, por unanimidade: Antônio Henrique (presidente reeleito); Adail Júnior (1º vice); Ana Paula Brandão (2ª vice); Eudes Bringel (3º vice); Julierme Sena (1º secretário); Guilherme Sampaio (2º secretário); Kátia Maria Rodrigues (3ª secretária); além do suplentes Tia Francisca (1° suplente); José Freire (2º suplente) e Erivaldo Xavier (3º suplente).

Emocionado, o parlamentar Antônio Henrique citou o apoio da família no discurso da reeleição e mencionou conquistas da gestão, como a realização do primeiro concurso público na história da Casa Legislativa. “Quero agradecer o voto de confiança e dizer que é um grande orgulho ter sido eleito presidente por esse corpo de vereadores preparados e atentos às necessidades do cidadãos”, falou.

Antônio Henrique foi reeleito como presidente da Câmara Municipal (Foto: Divulgação)

Confira a lista de vereadores que tomaram posse nesta sexta-feira (1°), após juramento, na Câmara Municipal.

Cidadania (3 vagas)

Michel Lins Cavalcante de Almeira
Francisco Enilson de Sousa Soares
Kátia Maria Rodrigues de Sousa

Democratas – DEM (1 vaga)

Regina Cláudia Tabosa Ferreira Gomes

Partido Democrático Brasileiro – PDT (10 vagas)

Lúcio Albuquerque Bruno Figueiredo
Júlio Brizzi Neto
Antônio Henrique da Silva
Adail Fernandes Vieira Júnior
Gardel Ferreira Rolim
Paulo Victor Araújo Martins
Ana Paula Brandão da Silva Farias
Elpídio Nogueira Moreira
Renan Ehrich Colares
Raimundo Cunha Filho

Progressistas (2 vagas)

Emanuel Acrízio de Freitas
Luciano Girão Sales Filho

Partido Liberal – PL (2 vagas)

Ana Maria Teixeira Matos de Sousa
Francisca das Chagas Silva de Souza

Partido Social Democrático – PSD (2 vagas)

Pedro Ferreira Mesquita Filho
José da Silva Freires

Partido Social Cristão – PSC (2 votos)

Priscila Bezerra da Costa
José Erivaldo Xavier Travassos

Partido Social Liberal – PSL (uma vaga)

Júlio Aquino Júnior

Partido Republicano da Ordem Social – PROS (5 vagas)

José Alberto Bastos Vieira Júnior
Julierme Lima de Sena
Francisco Márcio Martins Barbosa
Bruno Fernandes Mota
Reginauro Sousa Nascimento

Partido Socialismo e Liberdade – PSol (2 vagas)

Gabriel Lima de Aguiar
Adriana Gerônimo Vieira Silva

Partido Socialista Brasileiro – PSB (3 vagas)

Leonardo Sales Couto Bezerra
Fábio Rubens Marques Ramos
Francisco Eudes Ferreira Bringel

Partido dos Trabalhadores – PT (3 vagas)

Larissa Maria Fernandes Gaspar da Costa
Guilherme de Figueiredo Sampaio
Antônio Ronivaldo da Silva Maia

Partido da Mulher Brasileira – PMB (2 vagas)

Francisco Wellington Sabóia Vitorino
João Germano Medeiros

Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB (uma vaga)

Jorge Luiz Cavalcante de Brito Pinheiro

Podemos (uma vaga)

Danilo Lopes Ferreira Lima

Rede Sustentabilidade (uma vaga)

Raimunda Claudenira da Rocha Barros

Republicanos (duas vagas)

Ronaldo Machado Martins
Carmelo Silveira Carneiro Leão Neto

Veja também