As marcas brasileiras nas feiras internacionais

Por Lucas Magno

feitas_site_mtDe NY a Paris, as feiras garantem visibilidade para nossas marcas

feitas_site_mt3
Serpui Marie é uma das marcas que viaja para as feiras

A temporada internacional de moda continua a todo vapor. Nova Iorque, Londres, Paris e Milão apresentam as propostas que vão dominar o globo e virar referências para outros estilistas. Brasileiros como Alexandre Herchcovitch e Lucas Nascimento fazem parte do calendário oficial de desfiles, mas outras marcas nacionais também merecem uma atenção extra dos compradores de fora. E pra que essa visibilidade seja alcançada, a ABEST (Associação Brasileira de Estilistas) promove a entrada de nomes nacionais nas fashion weeks de NY e Paris, em feiras paralelas, tão importantes quanto as concorridas passarelas.

Entre fevereiro e março, grifes como a queridíssima Serpui Marie (que a Equipe MT conhece muito bem) desembarcam nas capitais para feiras estratégicas, com compradores que viajam do mundo todo pra conhecer produtos inovadores. Em Nova Iorque, que acaba de promover sua fashion week, duas feiras movimentarão as marcas internacionais com suas coleções de Inverno 2014: a Capsule (de 22 a 24/02), que recebe a UMA, e a Coterie (de 23 a 25/02), que contará com as designers brasileiras Cecília Prado, Serpui Marie, além da marca Blue Bird Shoes, que iniciará a exportação de seus desejados loafers. Em seguida, a ABEST viaja para Paris, onde acontece a semana de moda mais concorrida da Europa, entre os dias 25/02 e 05/03. Com a missão de divulgar a moda brasileira para o mundo e gerar negócios, a entidade participará das feiras Tranoï (28/02 a 03/03), que ocorre no Carrousel du Louvre, com a Les Petits Joueurs, de Maria Sole Cecchi, que vem conquistando o mercado com suas clutches. Cecília Prado mostra seu trabalho novamente na Paris Sur Mode, enquanto na feira Première Classe (a mais importante para o segmento de acessórios), Serpui Marie divulga suas desejadas bolsas.

feitas_site_mt2Blue Bird Shoes | Les Petis Joueurs | UMA | Cecilia Prado

A ABEST tem feito um trabalho interessante de fortalecimento do design brasileiro. É um caminho longo que os profissionais têm que percorrer, mas esse auxílio gera um olhar único pra promover a autenticidade e a criatividade da moda nacional. Vamos torcer pra que, em um próximo momento, designers e marcas menos favorecidas ou menos conhecidas tenham a oportunidade de viajar pra mostrar suas inovações e sua identidade.

foto_bhu3b1530__02

Por Lucas Magno

Veja também