logo
X

#DFB2014 | Saldo final é positivo!

Por Lucas Magno

resumao_dfb7Evento acerta na estrutura…

resumao_dfb6
…e mantém o título de mais importante pro cenário autoral nacional…

resumao_dfb
…estilistas cearenses são os grandes destaques.

Quase uma semana se passou desde o fim do Dragão Fashion Brasil 2014. E a gente ainda absorve de forma positiva a nossa semana de moda, que é dita como a terceira maior do País, e provavelmente a mais importante quando se trata de moda autoral. Ao todo, são 15 anos de história, e Cláudio Silveira foi pioneiro ao tirar do papel um evento como esse. Existe o São Paulo Fashion Week, o Fashion Rio e o Minas Trend Preview (que talvez seja o que mais se assemelha ao DFB), mas nenhum tem esse cunho autoral tão forte e focado. Nosso evento ganhou o status de mais importante lançador de novos estilistas. O Concurso de Novos ainda é responsável por colocar no mercado nomes que, em pouco tempo, conseguem fazer algum tipo de sucesso comercial (Gisela Franck e Iury Costa desfilaram coleções na competição e hoje são grandes expoentes do Ceará).

Parte do sucesso do evento também pode ser sentido com o número de jornalistas (nacionais e internacionais) que vêm cobrir os desfiles e ações paralelas. Dos jornais locais, passando pela Vogue Brasil, e até as revistas britânicas, todos em busca de novidades, que se diferenciem da moda habitual apresentada nas outras fashion weeks. E nós temos, viu! O line-up do Dragão Fashion Brasil é deliciosamente montado com nomes cearenses e de outros Estados pra mostrar a mistura genial que o Brasil tem a oferecer e que o Sudeste não mostra com tanta eficiência. João Sobbar e seu regionalismo cultural sutil; Mar Del Castro com sua beachwear conceitual na medida certa; e Lino Villaventura com seu trabalho manual opulento e ultrassofisticado. O poder do sertão com Mark Greiner e a emoção arrebatadora de Lindebergue Fernandes. Ivanildo Nunes e sua mulher delicada e Florinda com toda a sua feminilidade cool. A roupa perfeita de Gisela Franck; as viagens maravilhosas de Liana Thomaz na Água de Coco; e o vigor festivo de Kalil Nepomuceno. Ainda houve a moda jovem de Alix Pinho e o luxo fetichista de Alysson Aragão. Todos cearenses, criativos, que acompanham o Dragão Fashion Brasil há anos, mostrando que o Ceará é lugar de moda boa, de qualidade e feita com o coração (e mãos habilidosas, é claro).

resumao_dfb2

EVENTO SUPEROU A EDIÇÃO PASSADA, MAS ATRASOS IRRITARAM JORNALISTAS

Estruturalmente falando, o Dragão Fashion Brasil esse ano foi mais feliz nos espaços do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura do que em 2013 (ano em que o evento voltou ao lugar de origem); porém, os atrasos foram um grande problema pra convidados e jornalistas. Em absolutamente todos os dias, os horários se estenderam bastante, o que deixou muita gente irritada. São 15 anos de evento e esse tipo de problema não deveria acontecer de forma alguma. Houve o caso de desfiles como o do estilista Lino Villaventura, que estava marcado para às 21h30 e foi acontecer quase às 23h. Inadmissível.

As salas estavam dispostas em ótimos lugares e os quiosques com as marcas estavam superorganizados, sem falar que existiam totens com instruções pra ninguém se perder na grandiosidade do evento. Pontos positivos.

resumao_dfb8

DRAGÃO PENSANDO MODA CONTINUA UM SUCESSO ABSOLUTO

A ação paralela, capitaneada pelo Senac Ceará, continua um grande sucesso desde que foi lançada. Os cursos e workshops ofertados durante o DFB marcaram um recorde de salas lotadas nessa edição. Outra informação interessante que recebemos foi que a maioria dos alunos veio de outros Estados, mostrando que o evento ganhou tanta força e importância que pessoas de outras localidades estão buscando conhecimentos de moda (técnicos e intelectuais) no Ceará, com profissionais renomados do Brasil e do mundo. Foram dezenas de cursos, workshops e mesas-redondas pra aprimorar os conhecimentos e abrir a cabeça dos alunos para novas perspectivas de mercado, tecnologias e força criativa.

resumao_dfb3

O saldo final do Dragão Fashion Brasil foi extremamente positivo, principalmente por movimentar o segmento local, sacudir os novos profissionais e até gerar empregos na indústria. Estamos de olho em tudo!

resumao_dfb5

resumao_dfb4

Fotos@RobertaBraga+SilviaBorielo+RicardoK+DFHouse+MiltonSobreira

Por Lucas Magno

Veja também