logo

Ju Ferraz indica minissérie da Netflix sobre uma jovem prodígio do xadrez

Por Redação
Ju Ferraz indica minissérie da Netflix sobre uma jovem prodígio do xadrez
Ju Ferraz indica “O Gambito da Rainha”, minissérie da Netflix, para maratonar no fim de semana. (Foto: Divulgação)

Apaixonada por séries, a empresária e influenciadora, Juliana Ferraz, indica para o fim de semana a minissérie de sete episódios “O Gambito da Rainha”, que ela descobriu por acaso enquanto “zapeava” pelo catálogo da Netflix. “O rosto forte da atriz Anya Taylor-Joy me chamou atenção em meio à tantas sugestões”, releva ela ao Site MT

LEIA MAIS >> ‘É sobre você amar as belezas e também as adversidades’, diz Ju Ferraz sobre o movimento body positive

Roberta Quaranta indica documentário da Netflix sobre redes sociais

“O Gambito da Rainha” estreou em outubro pela Netflix. A trama americana, adaptação do romance de mesmo nome de Walter Tevis, é dirigida por Scott Frank, que também escreveu com Allan Scott. A produção conta a história de Elizabeth Harmon, vivida por Taylor-Jor, uma jovem que sobrevive ao acidente de carro que resulta na morte da própria mãe, e conhece o xadrez durante estadia em um orfanato, revelando, desde pequena, uma habilidade que retrata grande genialidade.  

A personagem principal enfrenta, ao longo da trama, diversos desafios, como o machismo, por estar constantemente em um ambiente dominado pelos homens. Para Ju Ferraz, a série aborda bem esse aspecto que a personagem tem que lidar. “De uma maneira quase ‘poética’, a série nos convida a importantes reflexões em torno do machismo. Se ainda hoje sofremos esses preconceitos, imagine ela naquela época?”, questiona. “[Recomendo a série] porque é forte, é atual e, principalmente, por tratar de temas como superação, resiliência e força feminina”, pontuou Ju Ferraz.

A personagem tem que lidar com situações machistas ao longo da trama porque o esporte, naquela época, era dominado por homens. (Foto: Divulgação/Netflix)

A série também traz outro aspecto da personagem, que dos oito aos 22 anos, entre os anos 1940 e 1960, está vivendo a Guerra Fria, o que resulta em um visual vintage que tem feito sucesso nas redes sociais. Seu cabelo ruivo, em um corte curto e sempre impecável, também caiu no gosto popular. Quero todos [os looks] para o meu armário já. Cool, chic, meio Jackie Kennedy. Looks cheios de glamour e feminilidade, condizentes com as décadas de 40 e 60. E a makes e cabelos? De cair o queixo. Para mim, o ponto alto foi o look da última cena. Então, corram para assistir!”, recomenda Ju Ferraz. 

(Foto: Divulgação/Netflix)

Veja também