Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Quatro personalidades cearenses abrem as portas do home office

3 maio 2021 | Lifestyle

Por Redação

A arquiteta e apresentadora Susana Clark Fiuza criou um ambiente de home office integrado à sala de casa. (Foto: Divulgação)

A prática do home office – também chamado de trabalho remoto ou trabalho à distância – é uma realidade na vida de muitos brasileiros há mais de um ano, quando teve início a pandemia da Covid-19 ao redor do mundo. Em entrevista ao Site MT, quatro cearenses abriram as portas do home office e compartilharam fotos do local de trabalho, que se transformou em lugar de aconchego e ponto de concentração para dar conta da rotina profissional e de lazer dentro de casa. Confira:

LEIA MAIS >> Ana Fiuza assina projeto de casa de praia inspirada em aconchego

Carlise Meinke mostra como utiliza decoração de palha e fibras naturais em casa

1. Annette de Castro

A vice-presidente da Mallory Eletroportáteis, Consul dos Países Baixos e líder do Grupo Mulheres do Brasil, Annette de Castro, diz que não pode faltar chá durante seu trabalho em home office. “Estou trabalhando de casa desde 21 de março do ano passado, ainda não temos data de retorno, mas retornando, ficaremos em regime híbrido”, conta. “Eu mudo de ambiente em casa com frequência para diversificar”, acrescenta, revelando que até já dispensou os sapatos em casa para trabalhar. 

A vice-presidente da  Mallory Eletroportáteis, Consul dos Países Baixos e líder do Grupo Mulheres do Brasil, Annette de Castro. (Foto: Arquivo pessoal)

2. Raquel Machado

A professora de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC), Raquel Machado, destaca o conjunto computador, fones de ouvido e câmera como itens indispensáveis no home office pela necessidade de gravar vídeo aulas com qualidade. “Tenho uma câmera especial e um headphone bloqueador de ruídos. Além disso, tenho um apreço muito grande pela minha mesa porque se transforma no meu universo de trabalho, onde coloco meus papéis,  livros e computador para organizar as ideias”, revela. Ela conta que foi preciso adaptar um local específico em casa para realizar as aulas. “Precisei de apoio de iluminação. E escolhi ficar em um local onde tem um mapa do mundo para não perder o sonho com a humanidade toda reunida de novo”.  

A professora Raquel Machado adquiriu uma câmera especial e headphone bloqueador de ruídos para melhorar a qualidade do trabalho feito em casa. (Foto: Arquivo pessoal)

Apesar da tendência mundial de digitalização da educação no geral, Raquel diz que ainda utiliza muitos livros e papéis como fonte de pesquisa e organização das ideias, por isso os itens são considerados muito especiais. “Só me vejo voltando ao trabalho normal quando a maioria da população estiver vacinada, já que tem meus alunos também, que não podem ser expostos à Covid. Acredito que precisamos de um equilíbrio da vacinação para que a volta aconteça de forma obrigatória”, defende. 

3. Cristina Oliveira

O trabalho em casa fez com que a consultora de investimentos dentro e fora do Brasil, Cristiana Oliveira, da GSK Seguros, mostrasse aos clientes a possibilidade de reuniões proveitosas em ambiente virtual. “Consigo atender mais clientes com excelência, é como se estivéssemos frente a frente. Dessa forma me sobra mais tempo para fazer as análises necessárias”.

A consultora de investimentos Cristiana Oliveira não abre mão de se manter atualizada sobre o mercado em que atua. (Foto: Arquivo pessoal)

Em home office desde o ano passado, a empresária precisou criar uma nova rotina e lugares reservados para todos da família que estão em casa. “Trabalhar com consultoria é um constante estudo de mercado, por isso não abro mão de passear pelos sites buscando o melhor para o momento. Quando for necessário, talvez em maio, iremos voltar ao escritório”, adianta.

O espaço de home office de Cristiana Oliveira. (Foto: Arquivo pessoal)

4. Susana Clark Fiuza

Com ambiente de home office integrado à sala, a arquiteta e apresentadora do programa “Oba! Obra, Susana Clark Fiuza, divide as atividades do trabalho com a rotina de estudo dos três filhos. “Cada um já tem uma bancada de estudos no seu quarto”, conta. Já para o marido, a arquiteta adianta que está fazendo uma transformação na varanda para adequar a rotina de trabalho do esposo.

Ambiente de home office da arquiteta Susana Clark Fiuza. (Foto: Divulgação)

“Sentimos a necessidade de mudar a varanda para um ambiente de escritório e home office para ele, então fechamos com cortina de vidro, colocamos ar-condicionado e ficou um ambiente isolado. A única pessoa que ficou sem local próprio fui eu, mas já tinha feito a sala nessa disposição de colocar uma bancada para quem precisasse. Ficou muito bacana porque uso para ter reuniões, é um espaço integrado que ajuda bastante”, comenta. Na segunda onda da pandemia no Ceará, Susana conta que não tem trabalhado muito em casa, uma vez que o setor da construção civil foi considerado serviço essencial. “Ficamos bem reduzidos em atividades externas, a maior parte da equipe ficou em home office por causa da segurança. À medida que as coisas foram sendo liberadas a gente voltou. Agora estamos no escritório com todos os cuidados”, diz.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE