logo

Os melhores espumantes para celebrar a chegada de 2021

Por Redação
Os melhores espumantes para celebrar a chegada de 2021
Sommelière Leiliane Pinheiro listou rótulos de espumantes que agradam diferentes paladares para brindar a chegada de 2021. (Foto: iStock)

Para um novo ano, os desejos de renovação de sentimentos de alegria e de esperança se fazem presentes através dos brindes. Diante de um momento tão simbólico como a noite de Réveillon, um espumante saboroso é essencial. “O que a gente tem que buscar? Bons produtores e produtos renomados, porque, assim, você não vai ter surpresas em relação à qualidade do rótulo para a gente brindar o final do ano e ser feliz”, ressalta a sommelière Leiliane Pinheiro.

LEIA MAIS >>> Três receitas de drinks com Gin para fazer em casa

Como harmonizar vinhos e espumantes com a ceia de Natal

Os espumantes são vinhos que tiveram uma segunda fermentação, para que, assim, se transformem em uma bebida gasosa. De acordo com Leiliane Pinheiro, há dois métodos mais populares, Champanoise e Charmat. O primeiro também é conhecido como tradicional,  quando a segunda fermentação da bebida ocorre dentro da própria garrafa. Essa técnica é mais demorada que o método Charmat. 

A sommelière reforça que os espumantes estão atrelados a origens geográficas. “Eu posso fazer o método tradicional, mas se eu sair do norte francês, da região de Hans, que é a região de Champagne, não terei mais champanhe. Todos eles vão ser espumantes, pode até ser que tenham outros nomes ali pelas regiões de denominações de origem também, mas jamais serão champanhe”, pontua.

Buscar bons produtores é um dos caminhos certeiros para um bom brinde com espumante, segundo recomenda a sommelière Leiliane Pinheiro. (Foto: Reprodução/ Instagram)

Entre os mais tradicionais, há também o estilo Cava, produzido pelo método tradicional na Catalunha, Espanha; e Prosecco, elaborado pelo método Charmat, na região nordeste da Itália.

Espumantes

“Champanhe, cava, prosecco, espumante. Seja nacional, seja importado, o que importa é a gente brindar no fim do ano, ser feliz com o que você, o seu gosto e o seu bolso permitam, para assim, curtir a noite da virada da maneira mais gratificante”, destaca Leiliane Pinheiro.

A sommelière fez uma curadoria especial para o site MT, listando cinco espumantes para as festividades de ano novo. “Esses são opções nacionais bem na questão custo/benefício. Onde entregam muita qualidade e vinícolas bem estruturadas que prezam qualidade”. Confira abaixo.

  • Espumante Salton Reserva Ouro Rosé

Chardonnay, Pinot Noir
Brasil – Serra Gaúcha
Brut
Preço médio: R$ 70
Harmonização: salmão defumado, robalo grelhado com purê de cenoura, risoto de lula, moqueca, pupunha assada, pastel de queijo, presunto cru.

  • Espumante Luiz Argenta LA Jovem Brut

Assemblage
Brasil – Serra Gaúcha
Preço médio: R$65,50
Harmonização : aperitivos, frutas, pratos leves, queijos leves e pratos orientais.

  • Espumante Cava Codorniu Clasico Brut

Xarel-Lo
Espanha
Preço médio: R$ 139,99
Harmonização: aperitivos, canapés, saladas, peixes, mariscos fritos, ostras e sobremesas à base de frutas e castanhas.

“Os Cavas são uma ótima aposta para atrelar um produto feito pelo método tradicional com um valor bem interessante” pontua Leiliane.

LEIA TAMBÉM >> Márcia Travessoni ensina receita de drink europeu

Lucas Farias mostra como fazer drink típico dos Estados Unidos

  • Champagne Taittinger Prestige Rosé

Chardonnay, Pinot Meunier, Pinot Noir (Pinot Nero)
França
Preço médio: R$ 599
Harmonização: caviar, ostras frescas, steak tartare, saladas frescas, risoto de limão siciliano com camarões grelhados, churrasco de frutos do mar.

“E para quem quiser uma mega experiência, vai além de Champagne! Vai numa Champagne bem diferente, mais exclusiva! Tem diversas edições limitadas, embalagens bem criativas, e tipos que os apreciadores mais acostumados ainda estão descobrindo, como uma Taittinger Rose”, afirma.

  • Espumante Anella Andreani Prosecco Brut

Glera
Itália 
Preço médio: R$106
Harmonização: carnes brancas, peixes e frutos do mar. Charcutaria e queijos.


Veja também