logo
PUBLIEDITORIAL

Por que é importante falar francês e como iniciar na língua

Por Redação
Por que é importante falar francês e como iniciar na língua
Entidade reconhecida pelo governo francês, a Aliança Francesa promove uma imersão na língua e na cultura do país há mais de 70 anos no Ceará. (Foto: Alex Campêlo)

Segunda língua estrangeira mais ensinada no mundo, o francês é o idioma da cultura. Originária do latim, a língua possui características que fazem dela única, desta forma, à medida que se descobre as peculiaridades e a importância do idioma, profissionalmente e culturalmente, percebe-se a necessidade da proficiência. O Site MT traz as curiosidades e a importância de falar a língua, com dicas para quem quer iniciar no idioma.

LEIA MAIS >> Aliança Francesa promove imersão cultural que vai além do ensino da língua

Márcia Travessoni fala o que aprendeu após uma semana estudando francês

De acordo com o diretor da Aliança Francesa, associação que promove a língua e a cultura francesa há mais de 70 anos no Ceará, Marc Ellul, no mundo atual é necessário falar pelo menos três línguas: o idioma materno; o inglês; e uma terceira língua, o que garante maior abertura cultural e os melhores empregos. Ele defende que escolher o francês como terceiro idioma permite uma rica inserção cultural e vantagens na hora de procurar um trabalho. 

“O francês é a segunda língua estrangeira mais ensinada no mundo em todos os continentes. Além disso, é uma língua da cultura, que permite ver com outros olhos o mundo, comunicando-se com os franceses e falantes da língua em todos os continentes. E informando-se graças aos principais meios de comunicação internacionais de língua francesa”, explica Marc Ellul.

Oportunidades

Carregado de significado e força, o francês é também uma língua muitas vezes ligada a organismos jurídicos internacionais e proeminente da diplomacia devido ao crescente número de líderes falantes da língua. 

“O francês é a língua de trabalho, bem como uma das duas línguas oficiais da Organização das Nações Unidas (ONU), da  Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), da União Europeia, do Comitê Olímpico Internacional e de vários organismos jurídicos internacionais. Ter fluência em francês é essencial para quem está considerando uma carreira em organizações internacionais”, destaca o diretor da Aliança Francesa.  

Diretor da Aliança Francesa Fortaleza, Marc Ellul defende que todos falem três idiomas, sendo um deles o francês. (Foto: Alex Campêlo)

A proficiência na língua também se torna importante na hora de procurar um trabalho em inúmeras multinacionais e empresas francesas, considera Marc. “Falar francês é um trunfo para encontrar um emprego nos vários setores de atividade, distribuição, setor automotivo, luxo, aeronáutica, etc. Saber falar francês é sempre uma vantagem para encontrar um trabalho”, assegura. 

LEIA TAMBÉM >> Raí Meirelles e Thiago Menezes compartilham roteiro de dez dias no interior da França

Belas histórias e espiritualidade na visita ao Monte Saint-Michel, na Normandia

Air France retoma serviço de bordo completo em voos da companhia

Além disso, ele pontua que o domínio da língua é um diferencial importante na hora de optar por uma carreira acadêmica. “Com condições financeiras vantajosas, os estudantes com proficiência em francês podem, sob certas condições, ganhar bolsas governamentais francesas para dar continuidade a um terceiro ciclo de estudos na França, em todas as disciplinas. E ainda obter um diploma reconhecido internacionalmente”, completa.

Como iniciar na língua

Antes de mais nada, para quem quer iniciar no idioma é importante escolher uma escola reconhecida pelo governo francês, com professores treinados. Em Fortaleza, a Aliança Francesa possui a certificação concedida pelo Ministério da Educação Nacional da França. A associação sem fins lucrativos está presente em mais de 130 países e tem o objetivo de ir muito além de um curso de idiomas, promovendo uma viagem cultural “no mundo da gastronomia, das artes, da arquitetura e da ciência”, segundo garante diretor da instituição.

“Aprender  francês é ter acesso, na versão original, aos textos dos grandes escritores franceses como Victor Hugo e Marcel Proust; os ilustres poetas Charles Baudelaire, Paul Verlaine e Jacques Prévert; os grandes filósofos René Descartes, Montesquieu, Denis Diderot, Voltaire, Jean-Jacques Rousseau, Jean-Paul Sartre, Albert Camus; e os renomados cientistas Pierre et Marie Curie, Louis Pasteur, Georges Charpak”, acrescenta. 

De acordo com Marc, o francês é uma língua analítica, que ajuda a estruturar e desenvolver o pensamento crítico, por isso é recomendado adotar alguns hábitos ao iniciar o idioma.

“Confie no professor, que será seu guia; tenha a mente curiosa e abra-se para esse novo mundo; não tenha medo de falar, pois ‘aprende-se cometendo erros’; ouça canções em francês; veja filmes em versão original; leia livros em francês; e faça exercícios na internet, disponíveis na TV5 Monde e na Plataforma Aliança Francesa”, indica.

Manter a rotina de estudos e se aventurar com filmes e livros no idioma são algumas dicas de Marc Ellul para aprender francês. (Foto: Alex Campêlo)

Além disso, ele reforça que mesmo estudando a língua, é preciso manter “interesse, confiança, curiosidade intelectual e regularidade nos estudos”.

Cursos

Quem quer embarcar na cultura francesa e aprender o idioma, a Aliança Francesa oferece semestralmente cursos extensivos, em formato online e presencial. As aulas acontecem duas vezes por semana, com duração de uma hora e meia. Durante os meses de janeiro e julho a escola também oferece cursos intensivos, compilando assuntos elencados durante o semestre em um mês, com três horas de curso por dia, de segunda-feira a quinta-feira.

Já para quem quer começar o quanto antes na língua, em outubro, a escola abrirá uma turma semi-intensivo. As aulas acontecerão às terças-feiras e quintas-feiras, de 18h às 20h30.

Curso semi-intensivo – Aliança Francesa 

  • Modalidades online e presencial 
  • De terça-feira a quinta-feira, de 18h às 20h30 
  • Valor: R$ 1.452 (mais R$ 60 de matrícula, parcelado em 6x R$242)
  • Mais informações (85) 3244-7887 ou (85) 98163-6250

Veja também