Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Como montar mandalas de palha e painéis rústicos para decorar a casa no estilo Boho

26 fev 2021 | Living

Por Cintia Martins

Decorar os ambientes com artesanato traz personalidade e identidade. Nessa perspectiva, a palha tem sido vista como uma forte tendência de decoração Boho, estilo contemporânea que propõe misturas e referências étnicas, orientais e hippies a fim de criar ambientes cheios de texturas e cores, e ainda, com peças vintage. O Site MT conversou com a designer de interiores e empresária, Rafa Monstera, que ensina como montar mandalas de palha e painéis rústicos para você se inspirar. Confira!   

LEIA MAIS >> Como usar o cinza e o amarelo da Pantone na decoração segundo André Monte e Belle Diocleciano

Larissa Proença compartilha ‘achados’ do Centro de Fortaleza

À frente da Casa Monstera, a empresária conta que decidiu investir em decoração de interiores, tendo a palha como principal item, durante a pandemia. A escolha e inspiração por trabalhar com este material deu-se por já utilizar na decoração do próprio apartamento, que já recebeu destaque pela décor em portais e revistas nacionais de decoração. 

Rafa Monstera. (Foto: Arquivo pessoal)

“Acredito que a palha esteja em alta devido ao avanço da linguagem de decoração Boho. O Boho tem a liberdade do uso de diversos materiais, sobretudo quando se fala de materiais étnicos. Não podemos falar desses da palha sem citar os povos indígenas, uma vez que é neles que reside a ancestralidade de todos esses trançados”, lembra.

Mandalas

De acordo com a designer, para montar mandalas de palha em casa é preciso antes de mais nada ter noção do espaço onde serão colocadas. “Para saber quais peças são as mais adequadas para você escolher”, destaca. “Nas composições, para quem prefere os monocromáticos, pode jogar com as dimensões das peneiras e sousplat e com as texturas que os diversos trançados apresentam”, orienta. 

Tapete Mandala. (Foto: Reprodução/Instagram)
Painel rústico com peneiras, leques e sousplat em composição. (Foto: Reprodução/Instagram)

Outra sugestão é referente às palhas. “As palhas têm um grande destaque em paredes escuras. Além disso, para quem gosta de cor, é possível encontrar também as peças em diferentes tonalidades. É um tipo de decoração em que a imaginação é o limite por ser rústico e aconchegante”, diz. 

Painel em cima do sofá. (Foto: Arquivo pessoal)

“O interessante dessa decoração é que os elementos que hoje são utilizados nas paredes tinham, em outro momento, usos utilitários, como os sousplats, por exemplo. Com a imaginação e a diversidade de trançados, conseguimos montar painéis com diferentes texturas, uma vez que há diferentes materiais como a palha de carnaúba, palha de milho, etc ”, acrescenta. 

LEIA TAMBÉM >> Lara Linhares compartilha fotos de viagem a Tulum e destaca belezas do destino

Hotéis certificados aliam lazer e segurança durante a pandemia

Além disso, ela ressalta que esses materiais existem em abundância no nordeste, sendo assim são encontrados facilmente em diversos tipos de lugares, além de ter custo baixo, longa durabilidade nas peças produzidas, super versátil e típica da região, o que imprime valor cultural na decoração. 

Tons monocromáticos. (Foto: Arquivo pessoal)

Painéis

Já para montar o painel, ela afirma que é possível encontrar diversas opções de peças em formatos e tamanhos para todo o tipo de espaço, no entanto, alerta que as peças são vendidas separadamente. “Se você tiver um espaço pequeno, pode usar peças menores. No entanto, caso tenha um grande espaço, pode abusar das peças maiores. Tudo depende da inspiração e imaginação”, diz. 

Leques usados como cabeceira de cama; cúpula da luminária de palha; e painel em cima da cama. (Foto: Arquivo Pessoal)

Além disso, ao escolher o local onde colocar o painel, ela orienta que deve-se optar por ambientes internos ou ambientes em que a ação de chuvas não comprometam o produto. “Para facilitar a imaginação, nós indicamos colocar em locais que originalmente se colocariam quadros. Dessa forma, pode ser em cima do sofá, na sala de jantar ou mesmo fazer um painel vertical ou um corredor com uma parede estreita, por exemplo”, sugere.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE