logo

SPFW realiza edição digital para comemorar 25 anos de história

Por Redação
SPFW realiza edição digital para comemorar 25 anos de história
A organização do SPFW optou pelo formato digital para garantir o bem-estar dos profissionais envolvidos nos desfiles. (Foto: Arquivo/MT)

A organização do São Paulo Fashion Week, maior evento de moda do Brasil, divulgou nesta quinta-feira (3) que em 2020, ano em que comemora 25 anos, o evento acontecerá em formato essencialmente digital com uma agenda de conteúdos históricos e inéditos, amplificados pelas redes e compartilhados em múltiplas projeções na cidade.

LEIA MAIS >> Lindenbergue Fernandes e Evelyn Mathews lançam coleção-cápsula ‘Minha Casa, Minha Vida’

DFB Festival realiza edição online e distribuirá R$ 35 mil a talentos afetados pela pandemia 

A edição, programada como um grande festival para marcar os 25 anos de história do evento, estava planejada para abril, sendo transferida posteriormente para os dias 16 a 20 de outubro. Como a crise sanitária causa pela covid-19 ainda afeta bastante o Brasil, a organização optou por transferir o projeto do Festival SPFW + para 2021, e manter as comemorações de aniversário em formato digital, de 4 a 8 de novembro de 2020.

Segundo um comunicado divulgado pela assessoria do evento, a organização chegou a desenhar um formato híbrido, que obedecesse todos os protocolos de saúde,  com uma estrutura física reduzida e restrição de público. Contudo, concluíram que seria inevitável a concentração de profissionais nos bastidores dos desfiles, expondo inúmeros trabalhadores a riscos de saúde. 

“Estamos vivendo uma condição única na história. Muitos desafios mas também uma oportunidade enorme para repensar, refazer, experimentar novas possibilidades e construir outras formas de convivência, num momento em que abrimos mão de estar fisicamente com o outro em nome de um valor maior que é a vida”, diz a nota. 

“Temos a certeza de que o maior estímulo nesse momento é cuidar, acreditar e criar. Um estímulo que não passe pelo medo, pela urgência de sobreviver”, acrescenta a nota. 

Veja também