logo

Fortaleza é a quinta cidade mais buscada para turismo em família, diz estudo

Por Rosi Melo
Fortaleza é a quinta cidade mais buscada para turismo em família, diz estudo
Entre os destinos brasileiros, a capital aparece em terceiro lugar. Foto: iStock

Fortaleza ocupa a quinta posição no ranking dos dez destinos mais buscados para viagens em família, conforme aponta estudo recente realizado pelo site de buscas de viagens Kayak. Metade das cidades que estão na lista são brasileiras. Entre os destinos nacionais, a capital cearense se classificou em terceiro lugar.

A pesquisa, que foi realizada para a edição do Guia Travel Hacker 2020, leva em consideração as buscas feitas no Kayak entre 16 de novembro de 2018 e 15 de novembro de 2019. Os dados registrados foram reunidos em um levantamento que traça o panorama dos destinos de viagem que são tendência para os brasileiros, além de destinos em alta para 2020, econômicos, fora do radar e praias mais buscadas.

LEIA MAIS >> Secretário Alexandre Pereira promove Ceará em feira de turismo em Milão

A seleção também considerou os locais com atrações para pessoas de todas as faixas etárias, incluindo desde metrópoles a destinos de aventura. Confira o ranking completo:

1º – Foz do Iguaçu
2º – Punta Cana
3º – Salvador
4º – Cidade do Cabo
5º – Fortaleza
6º – Goiânia
7º – Nassau
8º – Navegantes
9º – Bariloche
10º – Gênova

“Fortaleza está sempre em destaque nos rankings de turismo e isso é uma satisfação, pois sabemos que está diretamente relacionado ao trabalho que a gestão do prefeito Roberto Cláudio vem fazendo na área, juntamente com o Governo do Estado”, enfatiza Alexandre Pereira, secretário de Turismo de Fortaleza.

De acordo com secretário, o interesse por Fortaleza como destino turístico deve aumentar com a entrega de uma série de obras em andamento que irão impulsionar o comércio na orla cearense. “A tendência é de que esse interesse cresça com a inauguração da nova Beira-Mar, a requalificação dos espigões, o Pólo Gastronômico da Varjota e tantas outras melhorias que a cidade ainda irá receber até o final deste ano”, conclui.

Veja também