logo

Camisa que Kobe Bryant usou em final histórica é item de museu nos Estados Unidos

Por Redação
Camisa que Kobe Bryant usou em final histórica é item de museu nos Estados Unidos
A camisa foi usada pelo astro nas finais da NBA de 2008, que lhe renderam o título de melhor jogador na época (Foto: Divulgação)

O legado de Kobe Bryant será lembrado no Museu Nacional de História e Cultura Afro-Americana do Smithsonian, em Washington, nos Estados Unidos. A camisa que o astro usou nas finais da NBA de 2008, que lhe renderam o título de melhor jogador da temporada, agora pode ser vista por visitantes.

Bryant, ícone do Los Angeles Lakers e cinco vezes campeão da NBA, estava com 41 anos quando morreu em uma queda de helicóptero em janeiro ao lado da filha de 13 anos, Gianna, e sete outras pessoas.

LEIA MAIS >> Mulher-Maravilha brasileira foi inspirada na cearense Suyane Moreira

‘A voz suprema do blues’ ganha trailer com Viola Davis e Chadwick Boseman; assista

Homenagem

A camisa branca com detalhes em amarelo e roxo exposta no museu apresenta um design costurado escrito “Lakers- 24” e, na parte de trás, “Bryant – 24”. No ombro esquerdo, o logotipo da NBA. O texto que acompanha a camisa de Kobe Bryant diz:

Kobe Bryant enfrentando o Boston Celtics pelo jogo cinco das finais da NBA, em 15 de junho de 2008 (Foto: Divulgação)

“Em 1996, Kobe Bryant se tornou o primeiro a dar um salto com sucesso do ensino médio para a NBA. Na época, os especialistas duvidavam que jogadores de ala do ensino médio pudessem competir na NBA. Seu sucesso marcou o início da era moderna dos jogadores mais jovens na liga”.

Instalação da camisa 24 de Kobe (Foto: Museu Nacional de História e Cultura Afro-Americana)

A Kobe and Vanessa Bryant Family Foundation contribuiu com pelo menos U$ 1 milhão ao museu e, em 2017, Bryant doou sua camisa para o acervo. Na época, a instituição optou não expor o item. Ele também comentou sobre o museu no Twitter:  “Não há maior testamento para este país do que as histórias neste edifício.”

O diretor interino do Museu Nacional de História e Cultura Afro-americana, Spencer Crew, falou sobre a decisão de expor a peça. “As contribuições de Kobe dentro e fora da quadra são notáveis. Ele entendeu o significado deste museu para a nação e para o mundo. Depois de adiar a instalação de março devido ao COVID-19, acreditamos que agora é o momento perfeito na história para homenagear sua memória colocando a camisa à vista”.

Veja também