Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Fiec e Ministério da Economia apresentam estudo para reduzir Custo Brasil

29 abr 2021 | Notícias

Por Redação

O presidente da Fiec, Ricardo Cavalcante, conduziu o evento de apresentação do estudo. (Foto: Divulgação)

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Ricardo Cavalcante, e o secretário de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação do Ministério da Economia, Jorge Luiz de Lima, apresentaram em Fortaleza, na quarta-feira (28), os resultados do estudo desenvolvido em parceria com as duas entidades para reduzir o Custo Brasil – série de encargos e burocracias que dificultam o desenvolvimento do País. Junto com o estudo, realizado a partir do Observatório da Indústria da Fiec, foi anunciada a criação de um centro de inteligência que vai processar os dados relativos à redução da série de encargos.

LEIA MAIS >> Ricardo Cavalcante anuncia parceria da Fiec com o Movimento Respira Ceará

Fiec lança estudo para fomentar indústria de cosméticos e perfumes no Ceará

O Observatório da Fiec é um dos maiores bancos de dados que vi em minha vida. Ele possibilita direcionamentos de políticas públicas, tem todos os dados necessários para promovê-las de forma única para cada município, estado e para o País. Temos que lembrar que nossos estados têm peculiaridades de países e que precisamos identificá-las de forma individualizada. Com essa parceria, ganha o país como um todo”, declarou Jorge Luiz de Lima. É o Observatório da Indústria que vai disponibilizar a infraestrutura tecnológica para acesso à informações e indicadores de dinâmica, para a tomada de decisões públicas e privadas para redução do Custo Brasil.

O secretário de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação do Ministério da Economia, Jorge Luiz de Lima, discursa no encontro. (Foto: Divulgação)

A parceria entre Fiec e Ministério da Economia – firmada em setembro de 2020 – deve ter, entre as entregas, a redução de R$ 59 bilhões no Custo Brasil, apoio à concepção e acompanhamento da execução de políticas públicas mais assertivas, e aumento da participação do setor produtivo no processo.

“[O Custo Brasil] representa um risco não só para nós das indústrias, comércios e serviços, mas para todos nós cidadãos e para os governos, com custos de R$ 1,5 trilhão.  Dinheiro que poderíamos economizar e aplicar em investimentos para o desenvolvimento do país. ”, declarou Ricardo Cavalcante. Participaram também do evento Carlos Prado, 1º vice-presidente da Fiec; Sampaio Filho, diretor de Inovação da Fiec; Maurício Filizola, presidente da Fecomércio-CE; e Guilherme Muchale, gerente do Observatório da Indústria.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE