logo

Fiec assina acordo com o Ministério da Economia para reduzir Custo Brasil

Por Redação
Fiec assina acordo com o Ministério da Economia para reduzir Custo Brasil
Em Brasília, Ricardo Cavalcante assinou acordo de cooperação técnica com o Ministério da Economia que irá viabilizar a redução do Custo Brasil. (Foto: Divulgação)

O presidente da Federação das Indústria do Estado do Ceará (Fiec), Ricardo Cavalcante, assinou hoje (15), em Brasília, um acordo de cooperação técnica com a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, órgão ligado ao Ministério da Economia, que prevê a participação do Observatório da Indústria da Fiec no trabalho que será realizado para a redução do Custo Brasil: série de custos de produção, ou despesas incidentes sobre a produção de indústrias e empresas brasileiras.

LEIA MAIS >> Reunião com ministros em Brasília foi positiva e receptiva, avaliam cearenses

Ricardo Cavalcante apresenta hub de empreendedorismo e lança Guia Ágil

Na ocasião, além do presidente da Fiec, estiveram presentes o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa; o secretário de Desenvolvimento de Comércio e Serviços, Jorge Lima; secretário especial adjunto da secretária especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Bruno Portela; o chefe de Divisão Leonardo Durans; o assessor Euler Rodrigues; e o diretor de Inovação e Tecnologia da Fiec, Sampaio Filho.

(Foto: Divulgação)

Segundo Ricardo Cavalcante, a partir do dia 16 de setembro iniciam os trabalhos de redução do Custo Brasil. “Em Brasília, o Observatório da Indústria irá trabalhar nas informações dos dados para o Ministério da Economia”, destacou ao Site MT.

Agenda de reuniões

O presidente da Fiec tem aproveitado a passagem pela capital federal para participar de uma agenda de reuniões até a próxima quarta-feira (16). Entre os compromissos, ele participa da 5ª reunião da Diretoria da Confederação Nacional da Indústria (CNI) de 2020, a ser conduzida pelo presidente da CNI, Robson de Andrade. Na pauta, assuntos relativos à agenda da indústria, como a Reforma Tributária, a nova Lei do Gás e o Marco Legal do Saneamento. 

Ricardo Cavalcante posa para foto com autoridades da Federação das Indústrias. (Foto: Divulgação) 

Além disso, ele também participa da 3ª reunião do Conselho de Representantes da CNI de 2020. O diretor de Inovação e Tecnologia da Fiec, Sampaio Filho, cumpre agenda ao lado do presidente.


Veja também