Unifor entra no ranking das melhores instituições de ensino em economias emergentes

Por Redação
Unifor entra no ranking das melhores instituições de ensino em economias emergentes
Essa é a quarta vez que a universidade é avaliada pela Times Higher Education. Foto: Reprodução

A Universidade de Fortaleza (Unifor) foi mais uma vez classificada como uma das melhores instituições de ensino do mundo pela Times Higher Education (THE). A entidade britânica, conhecida por produzir a principal avaliação internacional de educação, listou a Unifor no ranking universitário de economias emergentes. A instituição é a única universidade particular do Norte e Nordeste a figurar na concorrida lista, que foi divulgada nesta terça-feira (18), em Londres.

Um total de 553 universidades, distribuídas em aproximadamente 47 países, foram avaliadas pela THE. No Brasil, apenas 46 universidades públicas e privadas foram ranqueadas. A Universidade de São Paulo (USP), por exemplo, ocupa a 14ª posição da lista. Já a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) aparece em 55º lugar. Nas regiões Norte e Nordeste, oito universidades participam do ranking, incluindo a Unifor como única particular.

LEIA MAIS >> Unifor é eleita a melhor instituição de ensino superior particular do Norte e Nordeste

Em depoimento ao portal oficial da instituição, o vice-reitor de ensino de graduação da Unifor, Henrique Sá, declarou que o ranking reforça a presença da Universidade de Fortaleza em um mundo global.

“A Unifor está se colocando, cada vez mais com os seus horizontes voltados para um mundo em que as fronteiras são definidas muito mais pela nossa capacidade de se inserir na mudança e na realidade socioeconômica do nosso local”, destacou o professor.

Universidade de Fortaleza é destaque na pesquisa e no ensino. Foto: Arquivo

A Times Higher Education utiliza quatro critérios para montar o ranking universitário de economias emergentes: ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectivas internacionais. Para avaliar as universidades a partir destas métricas, 13 indicadores de desempenho são utilizados, fornecendo comparações envolvendo estudantes, acadêmicos, indústrias, líderes de universidades e governos.  

“Tudo isso tem um impacto muito forte para a Universidade, tanto no ambiente de ensino e na reputação da nossa pesquisa do ponto de vista da colaboração internacional, assim como a transferência de conhecimento para os diversos setores da sociedade”, enfatizou Henrique Sá.

Amplo reconhecimento

Esta não é a primeira vez que a Unifor recebe reconhecimento internacional da THE pela qualidade de ensino. Em junho de 2019, a instituição foi classificada pela entidade na lista de melhores universidades da América Latina e Caribe. Três meses depois, foi incluída entre as melhores instituições de ensino superior do mundo. Já em novembro, a universidade foi reconhecida pela THE entre as melhores do mundo na área da Saúde.

Também no ano passado, a instituição entrou para o renomado QS World University Rankings, na divisão de rankings da América Latina e dos Brics, pela excelência na pesquisa e no ensino.

Veja também