Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Publieditorial

Como atua uma engenheira de produção, profissional que antecipa soluções para problemas em todas as áreas do negócio

29 jun 2021 | Poder

Por Redação

Aos 26 anos, a engenheira de produção Mariana Pontes coordena o Programa de Excelência Operacional da 3corações. (Foto: Arquivo pessoal)

Gerenciar os recursos humanos, financeiros e materiais de uma empresa para aumentar a produtividade e rentabilidade no negócio: essa é essência da atuação de um engenheiro de produção, profissional cada vez mais requisitado no mercado. Aquele que se dedicar à área vai ocupar cargos estratégicos tanto na indústria como no setor de serviços, com remuneração que varia de R$ 5 mil a R$ 9 mil. Quem detalha é a engenheira de produção Mariana Pontes, 26, formada pela Universidade de Fortaleza (Unifor) e coordenadora do Programa de Excelência Operacional da 3corações, uma das 100 maiores empresas brasileiras do agronegócio. 

LEIA MAIS >> Quem veste os jornalistas da televisão? Conheça a produção de moda nos bastidores de uma redação

Como um fonoaudiólogo pode ajudar nas escutas de investigação criminal

“As pessoas possuem uma ideia equivocada da profissão, muito direcionada aos processos produtivos de um determinado produto. Hoje vemos a atuação do engenheiro de produção em empresas de serviços, consultorias, instituições bancárias e nos mais diversos segmentos. Como é uma profissão que tem uma ótica muito voltada para processo, o engenheiro consegue ter a visão do negócio como o todo e atuar de forma muito assertiva nas oportunidades do mercado”, revela Mariana. 

Apaixonada por exatas, a oportunidade de melhorar algo desde a raiz fez, do encontro de Mariana com a Engenharia de Produção, a oportunidade perfeita para melhorar a qualidade dos negócios em que se envolve. “Sempre com o foco do inconformismo construtivo”, afirma.

Para aqueles que querem seguir a área, a profissional aconselha: seja curioso. “Mas, também, procure se capacitar em técnicas e métodos do mercado que buscam a melhoria dos resultados das empresas, pois nossa função é antecipar os problemas com a solução correta e eficaz”, revela. 

De acordo com ela, o campo de atuação na Engenharia de Produção é muito vasto e contempla tanto a área de backoffice (ou os bastidores do negócio) como a linha de frente da produção. “Minha função é coordenar todas as frentes, o que engloba logística, recursos humanos, contabilidade, jurídico, indústria, enfim, todas as áreas de negócio no quesito operacional e suporte de processos também”, explica a profissional. 

Rotina

O dia corporativo de Mariana na 3corações inicia com uma reunião de alinhamento geral, na qual são validados os projetos em andamento na empresa. Depois, a rotina é voltada para o gerenciamento de resultados, processos e projetos internos. “Somos responsáveis por acompanhar os grandes projetos, sejam estratégicos ou aquisições de novas metodologias, como qualquer categoria de plataforma tecnológica, por exemplo. A minha equipe sempre precisa estar na definição de projetos, visto que atuamos na melhoria e implementação deles”, ressalta. 

Mariana concluiu a graduação em 2019 e já se orgulha da recente, porém promissora carreira na área. Ela já passou pela indústria de confecção, área de promoção e área farmacêutica. “Tive a oportunidade de trabalhar dentro de uma indústria farmacêutica, desenvolvendo minhas habilidades técnicas e metodológicas a partir do mercado farmacêutico. Também atuei no Grupo Solar, onde executei uma função muito focada de processos industriais”, lembra. 

Assim como a Mariana Pontes, você pode realizar o sonho da graduação na Universidade de Fortaleza (Unifor), uma das três melhores do Brasil entre as universidades com menos de 50 anos, segundo o ranking da Times Higher Education.

Para o semestre 2021.2, a Unifor oferta cursos presenciais, semipresenciais e EAD. Além disso, a Universidade está com bolsas de até 50% disponíveis para diversos públicos, desde graduados, transferidos e oriundos do Enem, e descontos para quem quer estudar à noite ou reabrir a matrícula. Você pode pagar sua formação superior na Unifor com Fies ou com o financiamento próprio da instituição. Clique para saber mais.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE