O governador Camilo Santana participou do lançamento da pedra fundamental do novo complexo industrial da Diageo na manhã da última quinta (29). A indústria ficará localizada no município de Itaitinga e irá produzir bebidas alcoólicas.

A nova planta de produção inclui o remanejamento e a modernização da fábrica da Ypióca. Será construído um novo centro de fornecimento de bebidas, que tornará o Ceará em um hub de distribuição da multinacional para o Nordeste. O investimento será de R$ 100 milhões.

>> Confira: Prefeitura de Fortaleza divulga Edital das Artes; veja detalhes

O terreno que abrigará a fábrica é de aproximadamente 90.000 m², sendo 23.000 m² de área construída. O novo complexo contará com iniciativas sustentáveis. A unidade terá autossuficiência hídrica, reduzindo em 40% o consumo de água, e uma Estação de Tratamento de Efluentes e de Tratamento de Água.

Serão geradas 750 vagas de empregos. Camilo Santana afirmou, na ocasião, que nenhum país se desenvolve sem investir nas pessoas, na educação, ciência, tecnologia e inovação. Para o governador do Ceará, o papel do governo é de indutor, estimulador e organizador, a fim de tornar o Estado um ambiente melhor para investimentos.

Desenvolvimento cearense

A nova unidade será o maior hub logístico da Diageo no Brasil, movimentando quase metade de tudo o que é distribuído pela empresa no País. Gregorio Gutierrez, presidente da multinacional no País, frisa que a empresa tem uma estratégia de parceria a longo prazo. A abertura da sede é um apoio para a infraestrutura do Ceará, criando oportunidades e fortalecendo o espírito de trabalho em conjunto.

A chegada da multinacional em Itaitinga reforça o trabalho do Governo na atração de novas empresas para o Estado. Maia Júnior, titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho, acredita que o Ceará pode ser tornar destaque regional na geração de emprego e renda através da chegada de novas companhias. O investimento em capital humano, políticas de energia e recursos hídricos, por exemplo, atrairão, cada vez mais, os empresários.

Relação entre Ceará e Diageo

A parceria entre o Governo do Ceará e a Diageo já estava em andamento. Por meio do Programa Tecendo o Futuro, é realizada capacitação profissional com as internas do Presídio Feminino Des. Auri Moura Costa. Elas aprendem a trançar a palha da carnaúba e confeccionar as embalagens da Ypióca. No início de 2019, o Instituo Diageo ampliou essas ações em parceria com a Secretaria de Educação e a vice-governadoria do Estado.

Segundo a diretora de relações Coorporativas da empresa, Daniela de Fiori, o Ceará é o principal parceiro da Diageo nessas ações. Ela ressalta que a vice-governadora Izolda Cela ajudou a unir projetos da multinacional, a exemplo dos programas de educação para o não consumo de álcool.

A Diageo acredita que trabalhar em conjunto com as políticas públicas é o caminho para potencializar os investimentos e impactar a população de modo positivo. Camilo reconhece a importância das ações conjuntas. As atividades feitas no sistema prisional são importantes para gerar esperança, oportunidades e ressocialização para pessoas que estão cumprindo pena.

Fotos: Divulgação/Governo do Ceará/Carlos Gibaja