Fortaleza deve receber durante o feriado de Corpus Christi, entre os dias 30 de maio a 2 de junho, cerca de 50 mil turistas, um impacto econômico para o período de R$ 126 milhões em todo o Estado. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH – CE), em relação à ocupação dos leitos da rede hoteleira, a estimativa chega a 50%.

Segundo a Fraport, a previsão de vôos, entre chegadas e partidas, para o mesmo período é de 408 e 71.433 assentos ofertados.

A Capital vem sendo apontada como um dos principais destinos dos brasileiros para feriados e férias. Conforme o site Kayak, para o feriado de Corpus Christi, Fortaleza está em 6ª posição entre as cidades mais procuradas, com aumento de 47% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A CVC também trouxe a Capital no ranking na intenção de viagem dos brasileiros para as férias de julho, ocupando a 3ª colocação, atrás de Maceió e Porto Seguro.

Este é o segundo feriado prolongado no mês de maio. O Dia do Trabalhador, comemorado no dia 1º, e de Corpus Christi (31), irão juntos injetar R$ 9 bilhões na economia em todo o Brasil, resultado das cerca de 4,5 milhões de viagens no período. O levantamento foi realizado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e prevê que este será o mês mais lucrativo em viagens.

Ainda segundo o estudo, maio será o mês com mais feriados escolhidos para viajar, ultrapassando as 3,7 mil viagens que serão feitas em novembro (Finados e Proclamação da República).