O presidente do Sistema Fecomércio-CE, Maurício Filizola, participou do maior e mais tradicional evento de varejo do mundo, o NFR Retail’s Big Show 2019, que está na 108ª edição, e aconteceu nos dias 13 a 15 de janeiro, em Nova York. O evento mostra as tendências de inovação, gestão e tudo que acontece nas empresas, com centenas de palestras abordando cases de sucesso.

“É uma excelente oportunidade para se informar das novas estratégias e as tendências que estão sendo mais utilizadas no mundo, ou seja, permite que você tenha uma visão mais global sobre como o varejo pode melhorar e quais os melhores caminhos a serem tomados. Toda essa abordagem vamos levar para os nossos empresários do Ceará”, disse Filizola.

Pensando nisso, ele listou as cinco tendências em varejo que acabou de conferir no NFR  para ficarmos de olho. Veja a lista:

  • Cliente deve viver uma experiência que conte a história do produto e da empresa. Permitir que o cliente já experimente o produto. 
  • Customizar e, assim, tornar o produto único. Ex. Converse e Nike personalizam o tênis ; Lululemon personaliza a roupa de yoga.

  • Plástico como moeda única: Amazon e Glossier não aceitam dólares em espécie. Só vendem no cartão.

  • Lojas com visual “instagramáveis”. O espaço já é projetado com um design para selfie, como a Gucci, por exemplo.

  • Vendedor agora é conector, já que é o responsável por conectar pessoas com a marca e pessoas com pessoas. Se o cliente quer apenas o produto, ele compra no mundo digital.

NFR Retail’s Big Show 2019

O NRF conta com a participação dos CEOs dos maiores e mais inovadores varejistas, debatendo tendências de varejo, inteligência artificial, mídias sociais, comportamento do consumidor, internacionalização e países emergentes, novos conceitos de negócio, experiência de compra, marketing e administração de marcas, design, visual merchandising, operação de lojas, dentre outros temas.

Neste ano, o evento chamou a atenção para temas como a colaboração com o futuro do varejo, destacando que quanto maior é a experiência, maior é a fidelidade do cliente; a necessidade de dar ao consumidor o que ele quer; a importância do investimento tecnológico para otimizar receita e principalmente reduzir atritos nos processos de compras e melhorar a experiência do consumidor; a importância das redes sociais, principalmente no que compete a dar voz às empresas, e que essa voz tenha relevância; a compreensão de que o varejo será cada vez mais, um lugar de gente preparada e formada tecnicamente, além de muitos outros debates.

O NRF reúne varejistas, associações e entidades de classe, shopping centers, franqueadores e franqueados, prestadores de serviços para o varejo, instituições financeiras, acadêmicos, fabricantes e consultores. Ele também abre espaço para expositores de produtos e tecnologias de última geração.

Confira mais imagens: