logo

Secretário especial de Previdência e Trabalho conversa sobre os projetos do Governo Federal na Fiec

Por Bruno Brandão
Secretário especial de Previdência e Trabalho conversa sobre os projetos do Governo Federal na Fiec
Rogério Simonetti Marinho conversou sobre os projetos do Governo Federal voltamos para o mercado de trabalho - Foto: Alex Campelo

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Simonetti Marinho, participou de um encontro com membros da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), na última segunda-feira (27). Na pauta, o cenário econômico, as reformas e o Programa Verde Amarelo, criado pelo Governo Federal com o objetivo de facilitar o emprego de jovens de 18 a 29 anos.

O presidente da Fiec, Ricardo Cavalcante, deu as boas-vindas para os convidados, e exibiu um vídeo institucional do Sistema S. Em seguida, foi a vez do secretário Rogério Simonetti, que defendeu a desburocratização no mercado de trabalho.

LEIA MAIS >>Fiec recebe roadshow de inovação em energia elétrica
Fiec busca estratégias e facilidades para estimular importações na indústria

Rogério Simonetti e Ricardo Cavalcante – Foto: Alex Campelo
Erinaldo Dantas, Candido Albuquerque e Beto Studart – Foto: Alex Campelo
Alci Porto, Honório Pinheiro, Maurício Filizola, Luis Fernando e Rodrigo Leite – Foto: Alex Campelo

“Com relação à geração de empregos, os resultados que temos alcançados ainda não são suficientes, mas mostram uma sinalização, uma curva, um comportamento. Precisamos entender que o mercado de trabalho está mudando, e os empregos formais, por si só, não vão resolver o problema do Brasil. Por isso estamos trabalhando microcrédito, alternativas diferentes de empregabilidade e ocupação de postos de trabalho”, disse.

O secretário ainda falou sobre as mudanças implementadas pelo governo, o descolamento do setor público da atividade econômica, com as vendas de participações em empresas, a comercialização de ativos e a desalavancagem dos bancos. Simonetti também fez uma breve prestação de contas, relembrando os projetos que já viraram lei.

“O governo está saindo da atividade econômica, que não é uma ação dele, para permitir que o setor privado volte a ocupar o leito natural da sua vocação”, pontuou.

Erinaldo Dantas e Ricardo Cavalcante – Foto: Alex Campelo
Beto Studart e Honório Pinheiro – Foto: Alex Campelo

Confira mais fotos por Alex Campelo:

Veja também