logo

Mileide Mihaile compartilha o que aprendeu durante a quarentena

Por Redação
Mileide Mihaile compartilha o que aprendeu durante a quarentena
Mileide Mihaile está otimista em relação ao que o pós-pandemia reserva (Foto: Reprodução/Instagram)

Após quase três meses de confinamento, a influencer Mileide Mihaile começa a voltar, gradualmente, à rotina normal. Com os números estabilizando no Ceará, onde mora com a família, e a reabertura gradativa da economia, a empresária está otimista em relação ao que o pós-pandemia reserva e partilha os aprendizados da quarentena.

“Todos precisamos sair deste momento com um novo olhar para si e, principalmente, para o outro. Quando o isolamento social acabar por completo, precisamos dar a devida importância ao presente e, principalmente, à presença das pessoas que amamos. Precisamos pensar no próximo, ajudar das formas que podemos e não fechar os olhos. Espero que todos nós possamos sair dessa situação mais humanos, evoluídos, empáticos e resilientes”, comenta.

LEIA MAIS >> Mileide Mihaile retoma trabalhos e faz ensaio com intervenção artística de Mano Alencar

Márcia Travessoni lança projeto ‘Descobertas’ e estimula reflexão sobre mudanças da pandemia

Mileide conta que, para manter o equilíbrio e desligar-se um pouco das notícias ruins, focou em aproveitar mais os momentos em casa com a família. “Com essa quarentena, apesar de toda aflição, consegui aproveitar melhor os momentos com meu filho, conversar mais com minha mãe. Me conectei ainda mais com minha família, pois éramos só nós três naquele momento. E, no fundo, eu sabia que aquilo que era o mais importante, eu tinha ali, que eram eles junto comigo”, afirma.

Mileide Mihaile (Foto: Divulgação)

Continuar trabalhando, mesmo de forma remota, também ajudou Mileide a manter a resiliência. “Sou muito privilegiada, pois meu trabalho me proporcionou continuar na ativa. Sou muito grata a todos os meus parceiros e as marcas que continuaram confiando em mim neste período. Nós continuamos somando forças, pensando em conteúdos diferentes e relevantes para o meu público, trazendo novidades e, com isso, eu não parei. Meu trabalho foi crucial para que eu mantivesse a minha cabeça tranquila neste momento”, pontua.

Mileide Mihaile (Foto: Divulgação)

Usar alcance de suas redes sociais para ajudar pessoas que estavam sofrendo em meio à crise foi outro fator que contribuiu para que Mileide continuasse focando no positivo. Além de promover a arrecadação e a distribuição de alimentos e cestas básicas para moradores de rua de Fortaleza e pessoas em situação de vulnerabilidade social no interior do Ceará, a empresária utilizou suas plataformas nas mídias sociais para impulsionar pequenos negócios.

“Acho que não teve como, cada um de nós não pensar que, se essa situação era difícil para quem tinha família, casa e comida todos os dias, imagina para quem não tinha”,

diz Mileide Mihaile

Mileide também aproveitou sua visibilidade nas mídias sociais para levantar temas e reflexões importantes, como o enfrentamento à violência doméstica. A influenciadora convidou uma advogada criminalista para falar sobre as aplicações da Lei Maria da Penha e segue incentivando mulheres vítimas de agressões a realizarem denúncias, por meio da participação na campanha Sinal Vermelho, encabeçada pela Associação dos Magistrados do Brasil (AMB).

Veja também